STS-33

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
STS-33
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Espaçonave Discovery
Lançamento 22 de Novembro de 1989,7:23:30 p.m. EST.
39-B
Aterrissagem 27 de Novembro de 1989,4:30:16 p.m. PST
-
Órbitas 79
Duração 5 dias, 6 minutos e 49 segundos
Altitude orbital 302 milhas náuticas (559 km)
Inclinação orbital 28,45 graus
Distância percorrida 2 100 000 milhas (3 400 000 km)
Imagem da tripulação
STS-33 crew.jpg
Último
Último
Próximo
Próximo

STS-33 foi uma missão do ônibus espacial Discovery, realizada em novembro de 1989, para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Parâmetros da missão[editar | editar código-fonte]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

Esta foi a quinta missão para o Departamento de Defesa. Devido à natureza desta missão, seus detalhes específicos são classificados. O ônibus espacial Discovery decolou do Pad A do complexo de lançamento 39, no KSC, em 22 de Novembro de 1989, às 7:23 p.m. EST. O lançamento havia sido originalmente agendado para o dia 20 de Novembro, porém foi atrasado devido a um suspeita com relação ao Integrated Electronics Assemblies, o qual controla a ignição e a separação dos foguetes de combustível sólido (SRB).

Este foi o nono vôo do Discovery e a décima terceira missão a utilizar um ônibus espacial. A STS-33 foi o terceiro lançamento noturno no programa de ônibus espaciais, e o primeiro desde a continuação dos vôos com ônibus espaciais em 1988. A aterrissagem foi agendada para 26 de Novembro, porém foi adiada devido a ventos fortes no local de aterrissagem.

De acordo com a Aviation Week, a STS 33 lançou o Magnum, um satélite secreto para a obtenção de dados em uma órbita geosíncrona. Um modelo idêntico foi lançado também nas missões STS-51-C e STS-38.

Também de acordo com a Aviation Week, o veículo entrou inicialmente em uma órbita elíptica de 204 km x 519 km com uma inclinação de 28.45 deg com o equador. Ele então realizou três disparos do OMS (sistema de manobra orbital) o último na quarta órbita #4. O primeiro disparo foi para circularizar a órbita em 519 km.

O satélite foi lançado na sétima órbita e então disparou seu foguete IUS no nó ascendente da oitava órbita, para coloca-lo em uma órbita geo-síncrona de transferência.

A carga classificada foi lançada com sucesso e propulsionada até sua órbita operacional pelo foguete do Estágio Superior Inercial (IUS), de acordo com um anúncio da força aérea.

O Discovery aterrissou na Base Aérea de Edwards, na Califórnia, em 27 de Novembro, às 7:30 p.m. EST, após uma missão com a duração de 5 dias, e 6 minutos.

Nota: STS-33 foi a designação original para a missão que se tornou a STS-51-L, O último vôo da Challenger que acabou em tragédia. Após o desastre, a NASA modificou seu sistema de numeração de volta ao STS-26, que era a vigésima sexta missão com um ônibus espacial e a primeira após a Challenger. Não existe nenhuma relação entre a a STS-33 da Challenger e esta STS-33.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
STS-34
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-32