Saber Atual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Saber Atual foi uma coleção de livros lançada pela Difusão Européia do Livro (Difel) a partir de 1954, que seguia o estilo, os temas, títulos e textos da Coleção “Que sais-je?”, editada em Paris pela Presses Universitaires de France (PUF). A coleção expunha, de forma sucinta e estruturada, temas relevantes sobre o conhecimento humano nas mais diversas áreas, sob o olhar e a abordagem de especialistas, numa tentativa de trazer a público e, de certa forma popularizar, a síntese dos principais assuntos da formação cultural do homem. Os objetivos da coleção se prendiam a alguns critérios, tais como a introdução e a síntese sobre o assunto proposto, o olhar histórico para compreender o passado e a análise para a compreensão da atualidade. A Coleção Saber Atual foi publicada até o fim dos anos 70.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1941 por Paul Angoulvent, a coleção original francesa “Que sais-je?” teve mais de 3800 títulos, escritos por mais de 2500 autores, e foi traduzida em 43 línguas1 . Tinha o formato de bolso e contava com 128 páginas, onde os mais diversos temas que servem de base para a atualidade foram abordados por especialistas, adaptados às exigências da cultura moderna. O título da coleção foi inspirado em uma frase dos Ensaios de Michel de Montaigne sobre a modéstia do conhecimento humano mediante a extensão infinita do objeto do conhecimento, em consonância com a reflexão humanista do Renascimento.

A Difel, com exclusividade dos direitos para a língua portuguesa, publicou a Coleção "Saber Atual", com base nos temas propostos pela “Que sais-je?”, a partir de 19542 . Traduziu alguns dos títulos, porém não seguiu a mesma ordem de numeração da coleção original. O primeiro volume foi “O Brasil”, de Pierre Monbeig, e a coleção contou com mais de 160 títulos. As primeiras edições apresentavam na capa um logo semelhante à “Que sais-je?”, porém nas edições posteriores a apresentação foi mudada. Nos anos 60 e início dos 70, era apresentada com uma faixa branca no terço superior, e nos dois terços inferiores da capa era apresentado um desenho relativo ao tema, assinado por Pikito. Eventualmente, a capa tinha outros formatos, geometrizada em quadrados coloridos e pretos sobre um fundo branco.

A coleção era apresentada como “a verdadeira enciclopédia do século XX”, e na apresentação dos livros, consta a proposta da coleção: “Saber Atual realiza progressivamente o inventário da cultura universal. Permite ao interessado reexaminar os seus conhecimentos e revela, em poucas páginas, a quem disto necessita, o que não é mais possível ignorar. Saber Atual põe ao alcance de todos tudo o que é preciso saber sobre tudo3 .

Coleção[editar | editar código-fonte]

Numero Título Autor Observações
1 O Brasil Pierre Monbeig Tradução de “Le Brésil”, de Dirceu Lino de Mattos. Lançado em 19545 , teve 5 edições, a 5ª em 1975.
2 A Mitologia Grega Pierre Grimal Tradução de “La mythologie grecque” por Yolanda Leite6
3 História da Sociologia Gaston Bouthoul Tradução de “Histoire de la sociologie”, por Jacob Guinsburg, lançado em 19545 .
4 História da Educação Rober Gal Tradução de “Histoire de 1'éducatíon”, por Lívio Xavier, lançado em 19545 .
5 A Filosofia Antiga André Cresson (1869-1950) Tradução de “La philosophie antique”, por Beatriz Moura, 19555 .
6 Os Métodos Pedagógicos Guy Palmade Tradução de “Les méthodes en pédagogie”, por Pérola de Carvalho, 19545 .
7 As Sociedades Secretas Serge Hutin Tradução de “Les sociétés secrètes”, por Jacob Guinsburg, 19546 .
8 Os Grandes Mercados do Mundo Pierre George Tradução de “Les Grands marchés du monde”, por Dirceu Lino de Mattos e Wanda da

Motta Silveira, 19545 .

9 As Raças Humanas Henri Victor Vallois Tradução de “Les races humaines”, por Yolanda Leite, 19545 .
10 A Filosofia Francesa André Cresson Tradução de “La philosophie française”, por Pérola de Carvalho, 19555 .
11 História da Música Bernard Champigneulle Tradução de “Histoire de la musique”, por Pérola de Carvalho, 19545 .
12 As Doutrinas Econômicas Joseph Lajugie Tradução de “Les doctrines économiques”, por Jacob Guinsburg, 19556 .
13 O Petróleo Étienne Dalemont Traduzido do original “Le Pétrole”, da “Que sais-je?”, por Wanda da Motta Siveira, sob a direção do Prof. Dirceu Lino de Mattos. Publicado com apêndice "O petróleo no Brasil" pelo prof. Dirceu Lino de Mattos, 19555 .
14 A Sexualidade Louis Gallien Traduzido de “La sexualité”, por Pierre Santos, 19555 .
15 O Inconsciente Jean Claude Filloux Traduzido de “L'inconscient”, por Norma Descaves, 19555 .
16 A Psicologia da Criança Paul Césari7 Tradução de “Psychologie de l'enfant”, da “Que sais-je?”, por Pérola de Carvalho8 .
17 A Televisão Pierre Grivet & Pierre Herreng Tradução de “La télévision”, com prefácio do general Paul Labat; traduzido sob a orientação do dr. Jacques Lesgards, 19555 .
18 A Produtividade Jean Fourastié Tradução de “La productivité”, 19555 .
19 O Marxismo Henri Lefebvre Tradução de “Le marxisme”, por Jacob Guinsburg, 19555 9 .

.

20 O Existencialismo Paul Foulquié Do original “L'Existentialisme”. Tradução de Jacob Guinsburg10 . Teve 3 edições, a primeira em 19555 , e a última em 1975.
21 A Estética Denis Huisman Tradução de "L'esthétique", por Jacob Guinsburg, 19555 .
22 A Propaganda Política Jean Marie Domenach Tradução de “La propagande politique”, por Ciro T. de Pádua, 19555 .
23 A Literatura Inglesa René Lalou Tradução de “La littérature anglaise”, por Carlos Ortiz, 19555 .
24 O Espiritismo Yvonne Castellan Tradução de “Le spiritisme”, por Alcântara Silveira, 19555 .
25 A Arte Oratória Jules Senger Tradução de "L'art oratoire", por Carlos Ortiz, 19555 .
26 O Romance Francês Moderno René Lalou
27 O Teatro Francês Moderno René Lalou
28 A Literatura Americana Jacques Fernand Cahen Tradução de “La littérature américaine”, de Yolanda Steidel de Toledo, 19556 .
29 A Economia Planificada11 6 Jean Romeuf Tradução de “L'économie planifiée”, por Ciro T. de Pádua, publicado em 195612 .
A Economia Planificada13 6 Henri Chambre Tradução de “L'économie planifiée”, “Que sais-je?” nº 329, por Alcântara Figueira14 15 , em 1967.
30 As Instituições Religiosas Marcel Pacaut Tradução de “Les institutions religieuses”, por Roberto Duprat, 19566 .
31 As Origens da Vida Jules Carles Tradução de “Les origines de la vie”, por Hermilo Borba Filho, 19566 .
32 A Literatura Russa Marcelle Ehrhard 1ª edição 1956, tradução de Jacob Guinsburg.
33 A Psicanálise Daniel Lagache Tradução de “La psychanalyse”, por Nelson Leon, 19566 .
34 Probabilidade e Certeza Felix Edouard Justin Émile Borel Tradução de “Probabilité et certitude”, por Gita K. Ghinzberg, 19565 .
35 O Surrealismo Yves Duplessis Tradução de “Le surréalisme”, por Pierre Santos, 19566 .
36 A Álgebra Moderna Michel Queysanne & André Delachet Tradução de “L'algèbre moderne”, por Gita K. Ghinzberg, 19565 .
37 A Literatura Alemã Joseph-François Angelloz Tradução de “La littérature allemande”, por Carlos Ortiz, 19566 .
38 Cálculo Diferencial e Integral André Delachet Tradução de “Calcul différentiel et intégral”, por Gita K. Ghinzberg, 19565 .
39 A Ioga Paul Masson - Oursel Tradução de “Le yoga”, por Pérola de Carvalho, 19566 .
40 A Literatura Comparada Marius François Guyard Tradução de “La littérature comparée”, por Mary Amazonas Leite de Barros, com prefácio de Jean-Marie Carré, 19566 .
41 A Grafologia Herbert Hertz Tradução de Yolanda de Toledo16 , 1ª edição em 1959.
42 História das Lendas Jean-Pierre Bayard Tradução de “Histoire des légendes”, por Jeanne Marillier, 19576 .
43 A Magia Jérome Antoine Rony Tradução de “La magie”, por Jacob Guinsburg, 19576 .
44 A Imprensa no Mundo Pierre Denoyer Tradução de “La presse dans le monde17 , por Raul Lima18 , 1957.
45 A Vida Pré-histórica Raymond Lantier Tradução de “La vie pre-historique”, por Mary Amazonas Leite de Barros.
46 Os Sistemas Econômicos Joseph Lajugie Tradução de “Les systemes economiques”, por Geraldo Gerson de Souza.
47 Matéria, Eletricidade e Energia A. Boutaric Tradução de Gita K. Ghinzberg, 1958.
48 As Grandes Religiões Emmanuel Aegerter Tradução de “Les grandes religions”, por Yolanda Leite, 19576 .
49 A Linguagem e o Pensamento Paul Chauchard Tradução de “Le language et la pensée”, por Carlos Ortiz, 19575 .
50 A Opinião Pública Alfred Sauvy Tradução de “L'opinion publique”, do “Que sais-je?” nº 701.
51 O Universo Paul Couderc Tradução por F. P. Camargo, 1959.
52 Os Satélites Artificiais Charles Noel Martin 1959
53 A Memória Jean-Claude Filloux Tradução de Perola de Carvalho e Gerson Souza, 1959.
54 Os Árabes Vincent Monteil Tradução de “Les Arabes”, por Nellie Chagas, 1959.
55 A Homeopatia Pierre Vannier Tradução de “L'homeopathie”, 1960
56 História da Psicologia Maurice Reuchlin Tradução de “Histoire de la psychologie”, por Bento Prado Junior.
57 A Geologia André Cailleux Tradução de “La geologie”, por Evaristo Ribeiro Filho, 1961.
58 A Personalidade Jean Claude Filloux
59 As Pedras Preciosas Nicolas & Andrée Metta Tradução de “Les Pierres Précieuses”, por Emmanuel de la Morinière, 1960.
60 A Puericultura Marcel Lelong Tradução de “La puériculture”, por Clovis da Silva Bojikian,1960. Do original “Que sais-je?”, nº 740.
61 A Vida Sexual Paul Chauchard 1960
62 Os Países Subdesenvolvidos Yves Lacoste Tradução de “Les pays sous-developpes”, por Diva Benevides Pinho19 . Teve mais de 15 edições pela Difel, e posteriormente foi editado pela editora Bertrand Brasil.
63 História da U.R.S.S. Jean Bruhat
64 História dos Estados Unidos René Rémond
65 A Armênia Jean-Pierre Alem
66 A Batalha pela Energia Henry Peyret
67 A Trigonometria Robert Campbell
68 A Razão Gilles-Gaston Granger
69 O Capitalismo François Perroux
70 Os Regimes Políticos Maurice Duverger
71 A Pesquisa Científica Vladimir Kourganoff
72 As Estradas Jeanne Berthomier Tradução de E. Jacy Monteiro.
73 As Vitaminas Suzanne Gallot
74 Matéria e Antimatéria Maurice Duquesne
75 Os Técnicos e o Poder Jacques Billy
76 Geometria Contemporânea André Delachet
77 A Petroquímica no Mundo Raymond Guglielmo
78 Os Desertos Jean Pouquet
79 Os Ordenadores Eletrônicos Rouquerol & Demarne
80 Os Portos Marítimos Pierre Célérier
81 Por Que Trabalhamos Jean Fourastié
82 A Geografia Industrial do Mundo Pierre George Tradução do original “Géographie Industrielle du Monde” por Cecília Assumpção.
83 O Pan-Africanismo Phillippe Decraene
84 Os Hormônios Pierre Rey
85 História do Judaísmo Andre Chouraqui
86 A Topografia Pierre Merlin
87 Os Processos Modernos de Construção Maurice E. Barbier
88 As Estradas de Ferro Pierre Devaux Tradução de “Les Chemins de fer”.
89 As Radiações Nucleares Marc Lefort
90 As Relações Públicas Jean Chaumely & Denis Huisman
91 A Informação Fernand Terrou
92 História da América Latina Pierre Chaunu
93 A Ciência Política Marcel Prélot
94 Sociologia do Direito Henri Lévy-Bruhl
95 História das Ideias na França Roger Daval
96 Técnica do Teatro Phillippe Van Tieghem
97 A Guerra Gaston Bouthoul
98 A Psicologia Aplicada Rene Binois
99 História do Ballet Pierre Michaut
100 O Impressionismo M. Sérullax20 . Tradução do original “L'impressionnisme”, por José Carlos Bruni21 , 1965
101 A Empresa na Vida Econômica Jean Romeuf Tradução de “L’Enterprise Dans La Vie Economique”, por Norberto Silveira.
102 As Civilizações Pré-Colombianas Henri Lehmann
103 As Terapêuticas Modernas André Galli & Robert Leluc
104 A Estatística André Vessereau
105 Geografia do Consumo Pierre George Tradução de “Geographie de la consommation” por Djalma Forjaz Neto.
106 A Economia Mista Alain Chazel & Hubert Poyet
107 A Cibernética Louis Couffignal
108 O Controle dos Materiais Michel Jeantet
109 Conjuntura e Previsão Econômicas Alfred Sauvy Tradução de “Conjoncture et prevision economiques”, por Geraldo Gerson de Souza.
110 As Cruzadas René Grousset
111 A Psicologia Econômica Pierre Louis Reynaud
112 Os Escritores Franceses da Atualidade Pierre de Boisdeffre
113 Livre-Troca e Protecionismo Robert Schnerb
114 As Atitudes Políticas Jean Meynaud & Alain Lancelot
115 A Célula Viva Henri Firket
116 O Mercado Comum Jean-François Deniau Tradução de "Le Marché commun".
117 A Perspectiva Rene Taton & Albert Flocon Traduzido do original “La perspective”, da “Que sais-je?”.
118 A Filosofia do Direito Henry Batiffol
119 A Estética Industrial Denis Huisman & Georges Patrix
120 A Análise Matemática André Delachet
121 A Fenomenologia Jean-François Lyotard
122 Os Métodos em Psicologia Maurice Reuchlin 1ª edição em 1971
123 Geografia da América do Sul Michel Rochefort
124 A Psicologia Social Jean Maisonneuve
125 A Organização Científica do Trabalho Jean Paul Palewski
126 A Moeda e seus Mecanismos Pierre Berger
127 A Promoção Social Guy Thuillier
128 O Crescimento Econômico Pierre Maillet
129 Sociologia da Política Gaston Bouthoul
130 A Saúde Mental François Cloutier
131 Os Estudos de Mercado Fernand Bouquerel
132 Geografia Social do Mundo Pierre George Trad. de F. S. Fonseca.
133 A Lingüística Jean Perrot
134 O Esoterismo Luc Benoist22 Tradução do original “L’ésotérisme”, nº 1031 da “Que sais-je?”. Tradução de Fernando G. Galvão23 , 1969.
135 As Sociedades Comerciais Paul Didier
136 A Psicologia Experimental Paul Fraisse
137 A Inquisição Guy Testas & Jean Testas
138 O Alcorão Régis Blachère
139 O Direito do Trabalho Michel Despax
140 Os Filósofos Franceses da Atualidade Pierre Trotignon
141 A Maçonaria Paul Naudon
142 Geografia da França René Clozier
143 Geografia da População Pierre George Tradução de “Geographie de la population”, por Miguel Urbano Rodrigues.
144 O Estruturalismo Jean Piaget
145 O Êxito Social Alain Girard
146 Os Preços Louis Franck
147 Geografia da U.R.S.S. Pierre George Tradução de “Geographie de L'U.R.S.S.”, por Maria Elisa Mascarenhas.
148 A Cabala Henri Sérouya
149 Sociologia das Revoluções André Decouflé
150 A Egiptologia Serge Sauneron
151 Os Métodos da Geografia Pierre George
152 Os Astecas Jacques Soustelle Tradução do original “Les Aztèques”, nº 1391 da “Que sais-je?”. Tradução de Luiz Carlos Roque da Silva24 , 1972.
153 O Espaço Geográfico Olivier Dollfus
154 História do Protestantismo Jean Boisset
155 Geografia das Paisagens Gabriel Rougerie
156 Geografia Agrícola do Mundo Pierre George25 . Tradução do original “Geographie agricole du monde”, nº 212 da “Que sais-je?”. Tradução de Octavio Mendes Cajado, 197226 .
157 A Semântica Pierre Guiraud
158 O Meio-Ambiente Pierre George Tradução de “L'envionnement”, 1973.
159 A Análise Geográfica Olivier Dolfuss Tradução de “L'analyse géographique”, 1973.
160 Os Espaços Econômicos Jacques-R. Boudeville Tradução de “Les espaces économiques”, 1973.
161 A Sociologia Industrial Bernard Mottez Tradução de “La sociologie industrielle”, por Octávio Mendes Cajado, 1973.
162 História do Brasil Frédéric Mauro Tradução de ”Histoire du Brésil”, 1974.
163 A Revolução Francesa Albert Soboul Tradução de "La Révolution Française", nº 142 da "Que sais-je?", tradução de Rolando Roque da Silva.
164 O Antigo Egito Jean Vercoutter Tradução de “L'Egypte ancienne”, 1974
165 Os Incas Henri Favre Tradução de “Les Incas”, por Carmen de Sousa Castro Amaral e Carmen Olivia de Castro Amaral
166 Os Complexos Roger Mucchielli Tradução de “Les Complexes27 , por J. Kosinski de Cavalcanti, 1977.
167 História das doutrinas militares Fernand Marie Thiebaut Schneider 1975
168 O Socialismo Reformista28 Georges Lefranc Tradução de “Le socialisme reformiste”, por Maria Teresa Ramos, 1974.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. PUF
  2. FANTINATI, Carlos Erivany. Pela difusão do saber. Revista da ABEU (Associação Brasileira das Editoras Universitárias), n. 6, agosto de 2010. ISSN 2178-1869. In: Verbo.
  3. Contracapa. In: BENOIST, Luc. O Esoterismo. São Paulo: Difel, 1969 (n. 152)
  4. Relação In: BENOIST, Luc. O Esoterismo. São Paulo: Difel, 1969, pp. 121 - 125
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y Cunha, Celso Ferreira da. Exposição do Livro Brasileiro Contemporâneo. [S.l.]: Biblioteca Nacional, MEC.
  6. a b c d e f g h i j k l m n o p Cunha, Celso Ferreira da. Exposicion del Libro Brasileno Contemporâneo. [S.l.]: Biblioteca Nacional, MEC.
  7. Posteriormente, a Difel publicou um livro homônimo, “A Psicologia da Criança”, de Jean Piaget e Bärbel Inhelder.
  8. Exposição do Livro Brasileiro Contemporâneo, p. 18
  9. LEFEBVRE, Henri. “O Marxismo”. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1955.
  10. FOULQUIÉ, Paul. “O Existencialismo”. São Paulo, Rio de Janeiro: DIFEL, 1975. 3. ed.
  11. Consta dos Arquivos da Biblioteca Nacional, no catálogo da Exposição do Livro Brasileiro Contemporâneo, de 1959, que o livro “Economia Planificada”, publicado em 1956, era de autoria de Jean Romeuf (1949). Em 1967, um livro homônimo foi publicado também pela Saber Atual, de autoria de Henri Chambre. Na França, há igualmente os dois livros homônimos, também ambos publicados pela “Que sais-je?
  12. Biblioteca Embaixador Antonio Francisco Azeredo da Silveira
  13. Em 1956, um livro homônimo, de autoria de Jean Romeuf, foi publicado, também, pela Saber Atual. Na França, há igualmente os dois livros homônimos, também ambos publicados pela “Que sais-je?”, sendo o de Henri Chambre sob nº 329.
  14. Biblioteca Univali
  15. Estante Virtual
  16. Biblioteca Unipam
  17. Biblioteca PUC-Rio
  18. Biblioteca da Unipam
  19. Acervo da Unicamp
  20. Maurice Serullaz era curador do Museu do Louvre.
  21. SERULLAZ. Maurice. “O Impressionismo”. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1965.
  22. Luc Benoist era curador em Museus da França, e teve pelo menos mais sete publicações no “Que sais-je?”.
  23. BENOIST, Luc. “O Esoterismo”. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1969.
  24. SOUSTELLE, Jacques. “Os Astecas”. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1972.
  25. Pierre George era professor da Sorbonne, e teve pelo menos mais sete publicações na “Que sais-je?”.
  26. GEORGE, Pierre. “Geografia Agrícola do Mundo”. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1972.
  27. Biblioteca de Diadema
  28. Coleção Geral de Obras, UFJF

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]