Saga dos Færeyinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Saga dos Færeyinga, ou também chamada Saga dos Feroeses (em feroês: Føroyingasøga ) é uma saga nórdica sobre o povo feroês, contando a história de como os habitantes das Ilhas Feroé foram convertidos ao cristianismo, e como tornaram-se parte do Reino da Noruega.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Foi escrita na Islândia pouco depois do ano 1200. O autor é desconhecido e o manuscrito original se perdeu na história, mas as passagens foram copiadas em outras sagas, especialmente em outros três manuscritos: A Saga de Olavo Tryggvasonar, o Flateyjarbók, e um manuscrito registrado como AM 62 fol.

As sagas diferem um pouco sobre a informação de qual seria o primeiro assentamento de das Ilhas Feroé. Historiadores obtiveram a resposta a partir do início da Saga dos Færeyinga retirada do Flateyjarbók que Grímur Kamban teria lá se estabelecido durante o reinado de Haroldo I. Isso não corresponde com os escritos de Dicuil. O texto de abertura é a seguinte:

"Havia um homem chamado Grímr Kamban; Ele foi o primeiro se estabelecer nas Ilhas Feroé.
Mas nos dias de Haroldo I muitos homens fugiram antes do arrogante rei.
"

O primeiro homem a se estabelecer nas ilhas foi, de acordo com este texto, Grímr Kamban, um homem com um primeiro nome de origem nórdica e o sobrenome de origem irlandesa. Isso sugere que ele pode ter vindo de assentamentos ao sul, nas Ilhas Britânicas. Ele provavelmente não era norueguês.

O texto diz que muitos homens fugiram da Noruega durante o reinado de Haroldo, porém também diz que as ilhas tornaram-se habitadas antes disso (possivelmente por centenas de anos, embora a maioria dos historiadores não pensem assim).

Os noruegueses que fugiram do rei provavelmente detinham conhecimento sobre as ilhas antes de deixar a Noruega.

De acordo com Dicuil, monges irlandeses (chamados papar) viviam em nas Ilhas Feroé antes dos vikings, vindos da Noruega.

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • Færeyínga saga eller Færøboernes historie i den islandske grundtekst med færø­isk og dansk oversættelse Carl Christian Rafn, ed., Danish tr. Johan Hen(d)rik Schrøter, Faroese tr. (Copenhagen: J.H. Schultz 1832)

Referências

Leituras relacionadas[editar | editar código-fonte]

  • Debes, Hans Jacob. Føroya søga 1. Norðurlond og Føroyar. (pp. 89–100. Føroya skúlabókagrunnur) 1990.
  • Havsteen-Mikkelsen, Sven Føroyinga søga (Bjarni Niclasen, týddi; Jørgen Haugan, skrivaði eftirmæli. (Tórshavn: Føroya skúlabókagrunnur) 1995

Ligações externas[editar | editar código-fonte]