Sagas lendárias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Sagas lendárias (em islandês Fornaldarsögur) são um conjunto de sagas escritas na Idade Média. Estas narrações em prosa, escritas em língua nórdica antiga, foram quase todas escritas na Islândia entre fins do século XIII e meados do século XIV.

Como o próprio nome indica, sagas deste tipo narram histórias de fundo lendário e mitológico, ocorridas no passado pagão da Escandinávia e demais regiões de língua germânica, num tempo anterior à colonização da Islândia. Algumas estão levemente baseadas em eventos históricos, mas os elementos fantásticos e míticos sempre predominam.

Um exemplo importante é a Saga dos Volsungos (Völsunga saga), que trata do auge e queda do clã dos Volsungos e inclui os personagens de Sigfrido e Brunilda, além de Átila, rei dos hunos. A mesma história aparece no épico alemão medieval Canção dos Nibelungos. Outra importante saga lendária é a Saga de Hervarar, centrada em uma guerra entre ostrogodos e hunos nos séculos 4 e 5 dC.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.