Salva Kiir Mayardit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Salva Kiir Mayardit
Presidente do Sudão do Sul Sudão do Sul
Mandato 9 de julho de 2011
a a atualidade
Vice-presidente Riek Machar
Vice-presidente do Sudão
Mandato 11 de agosto de 2005
a 9 de julho de 2011
Antecessor(a) John Garang
Vida
Nascimento 13 de setembro de 1951 (62 anos)
Bahr el Ghazal, Flag of Anglo-Egyptian Sudan.svg Sudão Anglo-Egípcio
Dados pessoais
Partido SPLM
Religião Catolicismo
Profissão Militar
Serviço militar
Batalhas/guerras Primeira Guerra Civil Sudanesa
Segunda Guerra Civil Sudanesa

Salva Kiir Mayardit (nascido em 1951) é o presidente do Sudão do Sul.

Nos anos de 1960, Kiir uniu-se aos rebeldes do sul na primeira guerra civil sudanesa.

Membro-fundador e líder do Exército Popular de Libertação do Sudão (SPLA), que lutou durante a segunda guerra civil sudanesa, Kiir foi escolhido como representante da organização no processo de paz, após a assinatura do Tratado de Naivasha, em janeiro de 2005, acordo que, formalmente pôs fim à guerra.

Kiir foi então designado para ser vice-presidente do Sudão do Sul. Após a morte de presidente do sul-sudanês, John Garang, em julho de 2005, Kiir foi escolhido para sucedê-lo, tornando-se também vice-presidente do Sudão, conforme determina a constituição provisória do país.[1] Como Garang, Kiir é originário da etnia dinka, a mais numerosa no sul do Sudão, embora pertença a um clã diferente daquele do seu antecessor.

Nas eleições sudanesas de 2010, Kiir foi reeleito para a presidência do Sudão do Sul, com 93% dos votos. Embora as eleições, tanto no nível nacional como subnacional, tenham sido criticadas por ativistas democráticos e observadores internacionais, a ampla margem obtida por Kiir foi considerada por alguns analistas como o primeiro passo no processo de secessão do Sudão do Sul.[2] Após a reeleição de Kiir como presidente da região autônoma do Sudão do Sul, o presidente Omar al-Bashir indicou-o para ocupar novamente o posto de primeiro vice-presidente do Sudão.[3]

Após o referendo que confirmou a divisão do Sudão, Kiir foi confirmado como o primeiro presidente do novo país.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.