Samba de coco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Samba de Coco)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

samba de coco é uma dança brasileira. Seu berço foi o sertão de Pernambuco. O ritmo possui traços indígenas, com nítida influência africana dos quilombos e senzalas. Os negros cantavam durante o ritual da quebra do coco para a extração das coconhas. O aspecto sertanejo existente, possivelmente, é resquício da matriz portuguesa.

[editar | editar código-fonte]

Seu elemento musical marcante é o ritmo sincopado. As canções são marcadas pela oralidade, apresentam como temática o cotidiano de labuta, o amor e a própria história. A marcação do tempo com palmassos e concebem métricas livres, como: quadras, sextilhas, décimas etc. Os instrumentos de percussão utilizados originalmente são: cuícas, pandeiros, ganzás, bombos, tambores, chocalhos, maracas e zabumbas unidos à harmonia da sanfona.

A indumentária originalmente se constituía de vestidos com estampas e rodados, enquanto os homens usavam calças e camisas sociais igualmente estampadas. Ambos calçavam tamancos feitos de madeira. Constitui-se uma dança de umbigada. É dançada em pares que formam um círculo ou apenas um par por vez dança no meio da roda enquanto os demais participantes cantam as respostas em coro e batem palmas.

Ícone do samba de coco são os grupos do Mestre Euclides em Aracaju, de Lula Calixto em Arcoverde e o da cidade de Estância. A dança é uma forma de preservação da tradição cultural do povo sertanejo.