Samoiedos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Distribuição geográfica dos falantes de idiomas samoiedos, fínicos, úgricos e yukahhir

O termo samoiedos (povos samoiedos)[1] são um grupo do norte da Sibéria, falantes das línguas samoiedas que fazem parte da família linguística urálica (grupo ao qual pertencem também o finlandês e o húngaro). Eles são um grupo linguístico e não étnico ou cultural. O nome deriva de um termo obsoleto samoiedo usado na Rússia para alguns Povos indígenas da Sibéria[2] . O termo Samoiedo é originalmente uma palavra russa, uma corruptela do etnônimo "Saamod". "Samoyed", em russo, quer dizer literalmente "Auto-Comer", mas esse não é o significado original e é considerado pejorativo.

Povos[editar | editar código-fonte]

Os povos samoiedos incluem:

Povos Samoiedos do Norte

Povos Samoiedos do Sul

  • Selkup
  • Kamasins ou Kamas (atualmente extinto como um grupo étnico distinto)
  • Mator ou Motor (atualmente extinto como um grupo étnico distinto)
  • Koibal (atualmente extinto como um grupo étnico distinto)

Localização[editar | editar código-fonte]

O maior grupo entre eles são os Nenets, somando mais de 34,000 pessoas. Eles vivem em três distritos autônomos da Russia: Nenetsia, Iamália (também conhecida como Yamalo-Nenetsia) e Taymyria (formalmente conhecida como Dolgano-Nenetsia).

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Balzer, Marjorie. The Tenacity of Ethnicity. [S.l.]: Princeton University Press, 1999. p. 241. ISBN 9780691006734.
  2. Arctic Institute of North America. Anthropology of the North: Translations from Russian Sources. [S.l.]: University of Toronto Press, 1961. p. 219.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.