Sancho Afonso de Castela, Conde de Alburquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Sancho Afonso de Castela (1342 - 19 de fevereiro de 1374) foi um dos nove filhos ilegítimos do rei Afonso XI de Castela e de Leonor de Gusmão, sendo irmão de Henrique II de Castela e meio-irmão de Pedro I.

Ao lado de seus irmãos Henrique, Fadrique e Telo, combateu seu meio-irmão Pedro I, que, em 1351, tinha torturado e assassinado sua mãe. Em março de 1366, Pedro foi derrotado e morto por Henrique, que se proclamou rei. Sancho então foi feito conde de Alburquerque e senhor de Ledesma, Alba de Liste, Medellín, Tiedra e Montalbán.

Em março de 1373, casou com a infanta Beatriz de Portugal, meia-irmã do rei Fernando I. O casamento fazia parte dum acordo de paz assinado entre Henrique II e o rei português. Sancho e Beatriz tiveram dois filhos:

Sancho também teve uma filha ilegítima:

Precedido por
nova criação
Conde de Alburquerque
1366 - 1374
Sucedido por
Fernando de Castela
Precedido por
Telo de Castela
Alferes-mor
1370 - 1373
Sucedido por
Pero Lopes de Ayala