Sanctus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Sanctus (Latim: Sanctus, "Santo") é um hino usado na liturgia católica. É um canto que faz parte do ordinário da missa sendo a continuação e conclusão do prefácio da oração eucarística. Nunca deve portanto ser rezado ou substituído por outro canto.

A primeira parte é adaptada de Isaías 6:3. A segunda parte é um texto tirado do Evangelho da entrada de Jesus em Jerusalém e estabelece uma relação com o Salmo 118 (117).

Nas missas dos mortos (Requiem), é cantado após o ofertório.

Texto[editar | editar código-fonte]

Em Latim

Sanctus, Sanctus, Sanctus, Dominus Deus Sabaoth.

Pleni sunt cæli et terra gloria tua.

Hosanna in excelsis.

Benedictus, qui venit in nomine Domini.

Hosanna in excelsis.

Em Português

Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.

O Céu e a Terra proclamam a Vossa glória

Hosana nas alturas!

Bendito O que vem em nome do Senhor.

Hosana nas alturas!