Sander vitreus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Como ler uma caixa taxonómicaWalleye
Sander vitreus

Sander vitreus
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Percidae
Género: Sander
Espécie: S. vitreus
Nome binomial
Sander vitreus
(Mitchill, 1818)

Walleye (Sander vitreus, antigamente classificado como Stizostedion vitreum) é um peixe da ordem dos Perciformes, nativo da maior parte do Canadá e do norte dos Estados Unidos. Ele é um parente norte-americano próximo do zander europeu (Sander lucioperca). O walleye é algumas vezes denominado yellow walleye para distingui-lo do blue walleye, uma subespécie extinta que no passado habitava a região sul dos Grandes Lagos da América do Norte.

Em certas locais em que é encontrado, o walleye é conhecido como colored pike, yellow pike ou pickerel (especialmente no Canadá anglófono), embora ele não tenha nenhum parentesco com os verdadeiros pikes e pickerels (peixes da família Esocidae, gênero Esox, que em português têm a denominação Lúcio).

Geneticamente, os walleyes apresentam uma significativa variação de acordo com a bacia hidrográfica que habitam. Em geral, peixes de uma determinada bacia são bastante similares entre si e geneticamente distintos daqueles de bacias próximas. A espécie foi artificialmente propagada por mais de um século, tendo sido inserida em locais onde já havia populações de walleye ou em áreas em que este peixe não existia, o que algumas vezes implicou uma redução da distinção genética geral das populações.