Santa Lucia (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Santa Lucia é uma canção napolitana, uma das mais famosas da Itália. Foi gravada por diversos intérpretes, entre eles Enrico Caruso, cuja versão foi a primeira a ser gravada, em 1916. Santa Lucia foi escrita por Teodoro Cottrau e registrada oficialmente em 1850. Em 1963 foi gravada por Elvis Presley, só aparecendo em um álbum de 1965 chamado Elvis For Everyone. Nele, Elvis cantava apenas um trecho em italiano. Os arranjos da versão são creditados ao próprio Elvis.

Letra[editar | editar código-fonte]

Em italiano
'Em Napolitano
'Em português

Sul mare luccica
l'astro d'argento;
placida è l'onda,
prospero il vento.


Venite all'agile
barchetta mia!

Santa Lucia,

Santa Lucia!


Con questo zeffiro
così soave
oh com'è bello
star sulla nave!


Su passaggeri,
venite via!

Santa Lucia,

Santa Lucia!


In fra le tende
bandir la cena
in una sera
così serena


chi non dimanda,
chi non desia?

Santa Lucia,

Santa Lucia!


Comme se frícceca
la luna chiena!
lo mare ride,
ll'aria è serena...


E' pronta e lesta
la varca mia...

Santa Lucia,

Santa Lucia!


Stu viento frisco
fa risciatare:
chi vo' spassarse
jenno pe mmare?


Vuje che facite
mmiezo a la via?

Santa Lucia,

Santa Lucia!


La tènna è posta
pe fa' 'na cena;
e quanno stace
la panza chiena


non c'è la mínema
melanconia.

Santa Lucia,

Santa Lucia!


No mar brilha
a estrela de prata;
Plácida é a onda
o vento é próspero.


Venha para
o meu barco!

Santa Lúcia

Santa Lúcia!


Com essa aragem
assim suave
oh como é bela
sobre o navio!


Até os passageiros,
Vêm afastado!

Santa Lúcia

Santa Lúcia!


Entre as cortinas
convites de jantar
em uma noite
assim sereno


quem não procura,
que não deseja?

Santa Lúcia

Santa Lúcia!

Regravações[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.