Santa Teresinha (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santa Teresinha
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 30 DE MARÇO
Fundação 30 de MARÇO de 1938
Gentílico santa-teresinhense[1]
Lema CONSTRUINDO UMA CIDADE MELHOR PRA VIVER
Prefeito(a) AILTON DE OLIVEIRA SANTANA (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Santa Teresinha
Localização de Santa Teresinha na Bahia
Santa Teresinha está localizado em: Brasil
Santa Teresinha
Localização de Santa Teresinha no Brasil
12° 46' 19" S 39° 31' 22" O12° 46' 19" S 39° 31' 22" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Centro Norte Baiano IBGE/2008 [2]
Microrregião Feira de Santana IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Castro Alves, Rafael Jambeiro, Itatim, Elísio Medrado
Distância até a capital 201 km
Características geográficas
Área 710,313 km² [3]
População 9 658 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 13,6 hab./km²
Altitude 227 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,587 baixo PNUD/2010 [5]
PIB R$ 27 935,891 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 2 690,80 IBGE/2008[6]
Página oficial

Santa Teresinha é um município brasileiro do estado da Bahia. Localiza-se a uma latitude 12º46'19" sul e a uma longitude 39º31'24" oeste, estando a uma altitude de 227 metros. Sua população estimada em 2004 era de 8.612 habitantes. Possui uma área de 713,167 km².

História[editar | editar código-fonte]

Antes da chegada do homem branco, habitavam a área os índios cariris e sabujás em aldeamentos denominados Caranguejo e Pedra Branca (este último, denominados pelos cariris, a origem da atual sede). Município criado com o nome de Vila de Nossa Senhora de Nazaré da Pedra Branca, pela Provisão Régia de 28.09.1761, com sede na aldeia indígena de Pedra Branca, com território desmembrado do município de Nossa Senhora do Rosário do Porto de Cachoeira. O município foi extinto e anexado a Cachoeira em 1835, sendo restaurado com sede no arraial de Tapera por Lei Provincial de 19.10.1849. Em 1877 a sede do município foi mudada para o arraial de Nossa Senhora do Bom Conselho da Amargosa, quando da criação de Amargosa. Restaurado como município em 1890, com sede em Tapera. Em 1892, a sede foi mudada para Jibóia, recebendo o município o nome de Vila Jibóia, topônimo alterado para Monte Cruzeiro em 1899. Em 1921, a sede foi mais uma vez transferida para Tapera, continuando o município com o nome de Monte Cruzeiro. Lei Estadual de 25.07.1928 alterava definitivamente a denominação para Santa Teresinha. A sede foi elevada à categoria de cidade através Decreto Estadual de 30.03.1938.

Referências

  1. Histórico de Santa Teresinha no site do IBGE
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 25 de agosto de 2013.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.