Santana do Araguaia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santana do Araguaia
"Cidade esperança"
Natureza de Santana do Araguaia

Natureza de Santana do Araguaia
Bandeira de Santana do Araguaia
Brasão de Santana do Araguaia
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 07 de novembro
Fundação Altas Barreiras: 1892 (122 anos);
Campo Alegre: 1976 (38 anos)
Emancipação 29 de dezembro de 1961 (52 anos)
Gentílico santanense
Prefeito(a) Eduardo Alves Conti[1] (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Santana do Araguaia
Localização de Santana do Araguaia no Pará
Santana do Araguaia está localizado em: Brasil
Santana do Araguaia
Localização de Santana do Araguaia no Brasil
09° 19' 51" S 50° 20' 33" O09° 19' 51" S 50° 20' 33" O
Unidade federativa  Pará
Mesorregião Sudeste Paraense IBGE/2008[2]
Microrregião Conceição do Araguaia IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Santa Maria das Barreiras, Cumaru do Norte e São Félix do Xingu
Distância até a capital 1 061 km
Características geográficas
Área 11 591,452 km² [3]
População 63 031 hab. IBGE/2013[4]
Densidade 5,44 hab./km²
Altitude 160 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,602 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 316 215,000 mil IDESP/2010[6]
PIB per capita R$ 5 633,42 IDESP/2010[6]
Página oficial

Santana do Araguaia é um município brasileiro no extremo sul do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 9°32'23.98" sul e a uma longitude 50°51'35.54" oeste, estando a uma altitude de 160 metros. Sua população estimada em 2012 era de 59.919 habitantes.

Possui uma área de 11639,29 km².

Histórico[editar | editar código-fonte]

A história do município de Santana está intimamente relacionada com a fundação do povoado de Altas Barreiras (hoje sede do município de Santa Maria das Barreiras) em 1892. Formado por imigrantes goianos com apoio de frei Gil de Villa Nova, esta localidade desenvolveu-se pela extração de borracha-caucho e outros produtos extrativistas. Teve como principal marco de formação, a construção da Paróquia de Sant'Anna.

Com o passar dos anos, Altas Barreias mostrou-se um povoado muito dinâmico, sendo elevado á categoria de distrito em 31 de dezembro de 1936, passando a denominar-se Santa Maria das Barreiras. Finalmente ganhou autonomia política através da lei estadual nº 2460, de 29 de dezembro de 1961, desmembrado de Conceição do Araguaia, denominando-se município de "Santana do Araguaia".[7]

Formação de Campo Alegre[editar | editar código-fonte]

Entretanto a configuração atual do município de Santana foi construída a partir do ano de 1966 com a implantação do projeto "Fazenda Campo Alegre", sob responsabilidade da Cia. Industrial e Agropastoril Vale do Rio Campo Alegre, uma espécie de joint-venture formada por 13 empresas diferentes, encabeçadas pela Volkswagen do Brasil. O empreendimento com área de aproximadamente 130 mil hectares deveria produzir rezes para o abete em frigoríficos de Belém.[8]

Em 1975 o empreendimento conseguiu autorização junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) para a construção de uma company town na área a ser denominada de "Campo Alegre", com o intuito de formar um núcleo administrativo e fixador de mão-de-obra.[8] A construção de Campo Alegre foi muito rápida, com sua conclusão sendo efetivada em 1976.[8]

Sob os auspícios da Volkswagen (com participação de outros grupos financeiros) começa a construção em 1978 nas proximidades de Campo Alegre o mega-empreendimento "Frigorífico Atlas", com aporte financeiro da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM).[8] Campo Alegre transformou-se a partir de então numa espécie de cidade operária e ponto demográfico atrator.[8]

Grande cheia de 1980/1981[editar | editar código-fonte]

Em 1980 a região do Tocantins Araguaia é atingida por uma grande enchente de seus rios, fato que destruiu parcialmente a sede do município de Santana do Araguaia. Tal cheia prolongou-se pelo ano de 1981. Como Campo Alegre era a localidade dotada de melhor infraestrutura no município (inclusive melhor que a própria sede), os aparelhos administrativos foram para ela transferidos e ali permaneceram.[9]

A vulnerabilidade da antiga sede e a dificuldade para reconstruí-la, desqualificou-a para que permanecesse com tal categoria.[9] Desta forma em 5 de novembro de 1984 por meio da lei estadual nº 5.171 transferiu-se definitivamente a sede de Santana do Araguaia para a localidade de Campo Alegre, revertendo a localidade de Santa Maria das Barreiras á sua antiga categoria, como distrito.[10]

Com isto, por mais que Santana do Araguaia (Campo Alegre) seja "original" de Santa Maria das Barreiras, tornou-se herdeira dos direitos administrativos do antigo município.

Desmembramento[editar | editar código-fonte]

Por pressão da comunidade barreirense, insatisfeita com seu novo status político,[9] em 10 de maio de 1988 é criado o município de Santa Maria das Barreiras, através da lei estadual nº 5.451, desmembrado de Santana do Araguaia.[10]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

O município é servido pelo Aeroporto de Santana do Araguaia.

Referências

  1. Eleições 2012: confira quais foram os prefeitos eleitos na região do Carajás. Jornal do Zedudu.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de Referência em 1º de julho de 2012. Estimativa Populacional para 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1º de julho de 2012). Página visitada em 16 de janeiro de 2013.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 21 de setembro de 2013.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios do estado do Pará - 2010. Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará. Página visitada em 13 de março de 2012.
  7. Pará » Santana do Araguaia » infográficos: histórico - IBGE
  8. a b c d e VAZ, Vânia. Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável - A formação dos latifúndios no sul do Estado do Pará: terra, pecuária e desflorestamento. Universidade de Brasília.
  9. a b c FEITOSA, T. C.. A Importância do Extrativismo do Pequi na Economia Doméstica entre os Agricultores do Sudeste Paraense. XLIII Congresso da SOBER.
  10. a b Roteiros do Brasil: "Cidade Esperança" - ferias.tur.br
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.