Santo dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Santo dos santos)
Ir para: navegação, pesquisa

Santo dos Santos ou Santíssimo Lugar era uma sala do Tabernáculo, e mais tarde, se transformou em uma sala do Templo de Salomão de 10 cúbitos x 10 cúbitos (5m x 5m)[1] onde ficava guardada a Arca da Aliança. Era aqui que se realizava anualmente uma cerimónia de sacrifício expiatório de um cordeiro sem mácula (Ex. 12:5) pelos pecados do povo (Lev 4:35) e era este o único momento em que o Sacerdote podia falar diretamente com Deus. Esta sala ficava separada do templo por uma cortina de linho. Em caso de estar em pecado ao entrar, o sacerdote morria. E como o lugar era santíssimo, outros não poderiam entrar, somente ele.

Arão, o irmão de Moisés , foi o primeiro sumo sacerdote de Israel. Ele foi sucedido pelo seu filho mais velho (sobrevivente), Eleazar. O sumo sacerdote (Heb. hakohen, "o sacerdote", hakohen hagadol, "o grande Sacerdote") tinha a posição mais alta na hierarquia Israelita. O sumo sacerdote foi ungido assim como um rei na sua coroação. Ele usava vestes especiais, tinha uma coroa, e um peitoral que continha o urim e o tumim . Ele entrava no Santo dos Santos pessoalmente no Yom Kippur, para fazer expiação pelos pecados da sua própria casa como também pelos pecados da nação.


Referências

http://www.jesusnet.org.br/tabernaculo/sdsantos.htm

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.