Sarça ardente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A Sarça ("Seneh" em hebraico, origem do topônimo "Sinai") é uma planta espinhosa da família das fabáceas, gênero Acácia, o mesmo das árvores conhecidas genericamente no Brasil pelo vernáculo "Jurema" . Estas árvores apresentam a substância psicoativa Dimetiltriptamina - DMT. Esta árvore, também conhecida pelo nome de "Shittim", é citada na Bíblia várias vezes. Mais especificamente chama-se de "ardente" a Sarça quando parasitada pela planta Loranthus acaciae, cujos frutos e inflorescências avermelhados dão, de longe, a impressão de chamas sobre a Sarça.

Bíblia[editar | editar código-fonte]

A Sarça Ardente, a Acácia "seneh" que ateada de fogo não se consumia, ou seja, não se queimava, segundo consta na Bíblia , aparece no capítulo 3 do livro de Êxodo nos versículos de dois a quatro na qual estava Moisés apascentando o rebanho e os levou para trás do deserto, e chegou a Horebe, o monte de Deus:

"E apareceu-lhe o anjo do Senhor em uma chama de fogo do meio duma sarça. Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia; pelo que disse: Agora me virarei para lá e verei esta maravilha, e por que a sarça não se queima. E vendo o Senhor que ele se virara para ver, chamou-o do meio da sarça, e disse: Moisés, Moisés! Respondeu ele: Eis-me aqui".

Deus apareceu no meio da sarça e a partir daí Deus orientou Moisés de como tirar o povo de Israel da escravidão de Faraó no Egito.

De acordo com o judaísmo, foi em virtude deste acontecimento misterioso que Moisés passou a referir-se ao Senhor Deus, "Ehyeh" (hebraico: אֶהְיֶה ) ou "Ehyeh-Asher-Ehyeh" (hebr: אהיה אשר אהיה "- conforme em Êxodo 3:14)como o que habita na sarça o que fez pela primeira vez durante a bênção das tribos de Israel (Deuteronômio 33:16). (ver: Nomes de Deus no judaísmo )

Muitos estudiosos atribuem a este episódio o fato de os Hebreus terem especial apreço pela árvore da Acácia, sendo que todo o mobiliário sagrado do Tabernáculo e , inclusive, a própria Arca da Aliança (que representava a presença de Deus na terra) teve como matéria-prima principal a madeira da sarça (Acacia nilotica, "Shittim") a qual foi indicada a Moisés nas revelações divinas.