Sarah Hale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sarah Hale (pintura de James Reid Lambdin, 1831).

Sarah Josepha Hale (24 de outubro de 1788 - 30 de abril de 1879) foi uma escritora estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Newport, New Hampshire, filha do capitão Gordon Buell e de Martha Whittlesay Buell. Em seus primeiros anos, Sarah foi educada por sua mãe e por seu irmão Horatio, que a ensinou o que aprendeu em Dartmouth. Mais tarde, Hale se tornou uma autodidata.

Em 1813, ela se casou com David Hale, um advogado e maçom.

Em 1823, com o apoio monetário da loja maçônica de seu marido, ela publicou uma coletânea de seus poemas intitulada O Gênio da Obliteração. De 1827 a 1836, Hale trabalhou como editora da Lady's Magazine, e de 1837 a 1877, como uma editora da Godey's Lady's Book. Durante essa época, Hale escreveu muitos romances e poemas, publicando quase cinqüenta volumes de obras até o final de sua vida.

Hale também é bem conhecida como autora da popular canção de ninar "Mary Had a Little Lamb".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]