Sardas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Garoto com sardas nas maçãs do rosto

As sardas ou efélides, são manchas causadas pelo aumento da melanina (pigmento que dá cor à pele) na pele. Existe uma tendência familiar e surgem principalmente nas pessoas de pele clara (fototipo I e II) e ruivas. São causadas pela exposição continuada da pele ao sol e tendem a escurecer mais durante o verão.

Manifestações clínicas[editar | editar código-fonte]

Sardas
Classificação e recursos externos
CID-10 L81.2
CID-9 709.09
MeSH D008548
Star of life caution.svg Aviso médico

As manchas se localizam principalmente nos locais da pele mais atingidos por queimaduras solares, como a face, ombros e colo. São manchas arredondadas ou geométricas de cor castanho ou marrom. Surgem em peles que ficam expostas demais ao sol causando com um tempo as sardas.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

A maioria das pessoas com sardas vivem com elas normalmente quando são leves. Enquanto as mais agravadas, geralmente o tratamento vira necessário.

Evitando-se a exposição solar, as sardas tendem a clarear gradualmente. No entanto, o tratamento acelera o seu clareamento.

O tratamento inclui o uso de protetores solares sempre que houver exposição da pele ao sol ou mormaço e no uso de substâncias despigmentantes associadas a alguns tipos de ácidos. Peelings superficiais podem acelerar o processo. O tratamento deve ser orientado de acordo com cada caso, pelo médico dermatologista.