Sarepta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sarepta (as vezes transcrita Tsarephat, na bíblia hebráica צרפת, Tzarfat[1] ]) é o nome de uma antiga cidade costeira, fora dos limites de Israel pertencente à Sidônia, na costa mediterrânea do Líbano. Atualmente o sítio de Sarepta localiza-se no distrito libanês de Sarafand.

Era um território Fenício 1.126,3 km ao Sul de Sidom.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O termo Sarepta significa fornalha de fundição, fundir, refinar e cadinho, provavelmente devido à atividade de fundição de metais existente neste local à época do relato bíblico.[2]

Relato bíblico[editar | editar código-fonte]

No relato bíblico, Deus enviou o profeta Elias para a casa de uma viúva desta cidade, onde ele hospedou-se, descansou, fez o milagre da botija (multiplicando a farinha e o azeite da viúva) e ressuscitou-lhe o filho, dos mortos.[3]

Referências

  1. Depuis le Moyen Âge, le mot hébreu « צרפת » (Tzarfat) désigne la France
  2. SWINDOLL, Charles R.. Elias - Serie Heróis da Fé: Um homem de heroísmo e humildade. São Paulo: Mundo Cristão, 2001.
  3. Bíblia Sagrada. RA. I Reis 17:8-24)