Satélite de Pesquisas da Atmosfera Superior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Upper Atmosphere Research Satellite
UARS 1.jpg
Organização Estados UnidosNASA
Tipo de missão Observação terrestre
Contratante Lockheed Martin
Satélite da Terra
Lançamento 12 de Setembro de 1991 às 23:11:04 UTC
Local Estados UnidosCabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos
Duração da missão 14 anos e 91 dias
Massa 5.900 kg.
Site oficial http://umpgal.gsfc.nasa.gov/
Elementos orbitais
Semieixo maior 600 km
Excentricidade
Inclinação 56.97999954223633°
Apoastro 575.0 km
Periastro 574.0 km
Período orbital 95.9 minutos
Instrumentos

Satélite de Pesquisas da Atmosfera Superior (original: Upper Atmosphere Research Satellite abreviado como UARS) foi um satélite artificial da NASA lançado em 12 de setembro de 1991 na missão do ônibus espacial Discovery STS-48.[1] Seu peso era de 5,9 toneladas e funcionou por 14 anos fazendo medições de substâncias químicas da atmosfera como o ozônio.[1]

Queda na Terra[editar | editar código-fonte]

A NASA alertou, em meados de setembro de 2011, que partes do dispositivo podem atingir a Terra. As propabilidades de que acertasse uma pessoa eram de 1 para 3200. Grande parte do equipamento foi incinerada ao entrar na atmosfera, mas os cientistas acreditavam que um total de 26 peças que pesam juntas 500 kg podem resistir e colidir com a superfície da Terra em um local desconhecido. Grande parte do planeta poderia ser alvo, pois a órbita do satélite desativado ia desde o norte do Canadá até o extremo sul da América do Sul. De acordo com a NASA o objeto cairia na Terra na sexta-feira dia 23 mais ou menos um dia. De fato, a previsão foi acertada e a NASA divulgou que partes do UARS cairam no Canadá entre 0h23 e 2h09 de 24 de setembro de 2011 (horário de Brasília). Não estão descartados a hipótese de fragmentos terem caído na África e Austrália.[2]


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b KLOTZ, Irene (19 de setembro de 2011). Satélite "morto" da Nasa vai cair na Terra esta semana Reuters Brasil. Visitado em 20/09/2011.
  2. Fragmentos de satélite desativado da Nasa caem no Canadá G1 (24 de setembro de 2011). Visitado em 24/09/2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]