Satélite de asteroide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde abril de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
243 Ida e sua lua Dactyl (pequeno ponto à direita). Imagem feita pela sonda Galileu em 1993.

Um satélite de asteroide é um corpo celeste que orbita um asteroide como seu satélite natural. É possível que muitos asteroides e objetos do Cinturão de Kuiper, possuam luas, em alguns casos, bastante consideráveis em tamanho.

Descobertas de luas de asteroides (e objetos binários em geral), são importantes, pois a determinação das suas órbitas permitem estimar a massa e a densidade do primário, permitindo deduções a respeito das suas propriedade físicas, o que de outra forma não seria possível.[1] Conhece-se atualmente mais de 200 asteroides que possuem luas.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. William J. Merline; Maria Martinez (26/10/2000). Astronomers Image Double Asteroid. SwRI Press Release. Página visitada em 19/04/2013.
  2. Robert Johnston (16/10/2009). Asteroids with Satellites. Johnston's Archive. Página visitada em 19/04/2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.