Saxitoxina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Saxitoxina
Alerta sobre risco à saúde
Saxitoxin structure.png
Nome IUPAC (3aS-(3a-α,4-α,10aR*))-2,6-diamino-4-(((amino-carbonyl)oxy)methyl)-3a,4,8,9-tetrahydro-1H,10H-pyrrolo(1,2-c)purine-10,10-diol
Identificadores
Número CAS 35523-89-8
PubChem 37165
Propriedades
Fórmula química C10H17N7O4
Massa molar 299.26 g mol-1
Farmacologia
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Saxitoxina conhecida pela sigla STX é um poderoso anestésico local, produzida por dinoflagelados marinhos e cianobactérias.

STX é uma neurotoxina que está sendo estudada para o uso em pós-operatórios cirúrgicos para uma ação prolongada de até uma semana. Daniel Kohane, do Hospital Infantil da Escola Médica de Harvard, em Boston, Massachusetts testou em animais um sistema de liberação lenta através de lipossomos (minibolhas ou minicélulas) com sucesso. O estudo foi publicado em abril de 2009, no Proceedings of the National Academy of Sciences.[1]

Referências

  1. Departamento de Farmacologia da UFSC. Médicos criam anestesia superpoderosa, que dura uma semana. Página visitada em 22/04/2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]