Saxon (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Saxon
Saxon ao vivo em Madri 2011.
Informação geral
Origem South Yorkshire, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Heavy metal, NWOBHM
Período em atividade 1976 - atualmente
Gravadora(s) SPV/Steamhammer
Página oficial Saxon747.com
Integrantes Peter "Biff" Byford
Paul Quinn
Doug Scarratt
Nibbs Carter
Nigel Glockler
Ex-integrantes Steve Dawson
Pete Gill
Graham Oliver

Saxon é uma banda inglesa de heavy metal formada por Biff Byford, Paul Quinn, Steve Dawson, Graham Oliver e David Ward na região de South Yorkshire em 1976. Foi conhecida como Son of a Gun entre 1976-1978. Antes de chegarem à sua formação atual, a banda passou por várias mudanças de integrantes, sendo Byord e Quinn os dois últimos integrantes da formação original da banda.

História[editar | editar código-fonte]

A banda foi formada por Graham Oliver e Steve Dawson, incorporou alguns integrantes de uma outra banda local, o Coast, que trazia Biff Byford no vocal e Paul Quinn na guitarra. Com essa formação a banda mudou o seu nome, passando a chamar-se apenas Saxon. A banda, que se apresentava em diversos clubes e pubs na Inglaterra, teve algumas composições lançadas em demo-tapes, as quais foram utilizadas por um novo selo que surgia na época, o Carrere Records.

Já contratado, o Saxon preparou um álbum auto-intitulado[1] , lançado no primeiro semestre de 1979. O primeiro single "Big Teaser", mas o B-side deste single alcançou ótimos resultados na parada britânica, chegando a ficar por algum tempo em primeiro lugar: "Stallions of the Highway". A banda também lançou outros dois singles, que ajudaram a promover a turnê que faziam ao lado do Motorhead, tocando inclusive por três noites seguidas na famosa casa de shows inglesa Hammersmith Odeon.

Saxon no Sofia Rocks Fest 2011

Depois da turnê, o Saxon retornou ao estúdio para preparar o seu próximo disco, "Wheels of Steel". Lançado em 1980, este álbum alcançou um bom retorno, ficando em quinto lugar na parada britânica. Outro álbum evidenciou o nome do Saxon, "Strong Arm of the Law", que foi lançado no mesmo ano.

Em 1981, serviu para que o Saxon ficasse na estrada, alcançando um reconhecimento enorme junto ao público japonês. Foi em outubro que "Denim and Leather", chegou às lojas. Nesta nova turnê, o Saxon agendou mais de quarenta datas apenas para a Europa. Durante a tour o baterista Pete Gill se machucou, sendo substituído por Nigel Glockler, um velho conhecido.

"The Eagle Has Landed" foi o primeiro disco ao-vivo. O nome foi escolhido pelos próprios fãs. O próximo objetivo do grupo foi uma turnê pelo Estados Unidos em 1982. A turnê americana foi interrompida para que o Saxon pudesse retornar à Inglaterra e participar do festival Monsters of Rock. A banda também tocou no Monsters of Rock alemão.

No final de 1982, o Saxon retornou aos estúdios para preparar o lançamento seguinte, "Power & the Glory", álbum que atingiu a marca de mais de 15 mil cópias vendidas nos Estados Unidos em uma semana. A turnê também foi um sucesso, acarretando o lançamento do primeiro vídeo oficial, "Saxon Live", gravado em Nottingham na Inglaterra.

O novo álbum, lançado em 1984, "Crusader", é considerado por muitos o melhor álbum de toda a carreira da banda. Logo após este álbum eles saem da Carrere por problemas de vendagem. A turnê de divulgação passou novamente pelos EUA, em shows ao lado do Mötley Crue e Iron Maiden. Na Alemanha, a turnê foi ao lado do Accept, na fase mais áurea do metal. O oitavo álbum foi lançado em 1985,já pela nova gravadora, a "major" EMI Music, com o título de "Innocence is No Excuse". O disco foi todo preparado na Holanda, e originou outro vídeo, "Saxon Live Innocence" e clipes das músicas "Back on the Streets" e "Rocking Again".

Saxon no Evolution Festival 2006

Em 1984 o baixista Steve Dawson deixa o Saxon por problemas familiares. O desconhecido Paul Johnson ocupou o posto, mas chegou tarde para a gravação de "Rock the Nations", sendo o baixo gravado pelo vocalista Biff Byford. "Rock the Nations" contou com a participação especial de Elton John, que tocou piano nas músicas "Party Until You Puke" e "Northern Lady".

Outra baixa na banda ocorreu em 1987 quando Nigel Glockler foi para o GTR. Com Nigel Durham no seu lugar, o Saxon gravou o seu próximo álbum, "Destiny", que foi o último trabalho lançado pela EMI Music. Quando começou a turnê, o fim do GTR resultou na volta de Glocker ao Saxon. Paul Johnson também saiu, sendo substituído por Tim Nibbs Carter. Em 1989 foi lançado mais um trabalho ao vivo, "Rock And Roll Gypsies".

Em 1991 saiu o novo trabalho da banda em estúdio, "Solid Ball of Rock", lançado pela sua nova gravadora, a Virgin. A turnê se estendeu por países ainda não visitados pelo Saxon, como Austrália, Uruguai, Paraguai, Argentina, México, Brasil e Nova Zelândia. No ano seguinte a carreira da banda contava com mais um álbum, "Forever Free".

Depois de um merecido descanso de dois anos, surgia mais um trabalho de estúdio: "Dogs of War". Lançado no início de 1995, o álbum marcava a entrada de um novo integrante, Doug Scarratt, que ocupou o posto de Graham Oliver. A turnê deste disco serviu para coletar material ao vivo para o CD "The Eagle Has Landed Part 2", lançado em 1996, ano em que a banda participou do tributo ao Judas Priest com a música "You've Got Another Thing Comin".

Saxon no Sweden Rock 2008

"Wheels of Steel" e "Strong Arm of the Law", dois álbuns clássicos do Saxon foram relançados em 1997 como um álbum duplo, recebendo 11 músicas-bônus, gravadas ao vivo em 1981. Ainda em 97 saiu mais um CD de estúdio, "Unleash the Beast". A turnê passou por vários países, incluindo dois shows no Brasil, nas cidades de São Paulo e Santos. Em 1998 serviu para a continuação da turnê, que aconteceu na Inglaterra, Espanha e EUA, além da participação na versão brasileira do Monsters of Rock.

Uma lesão impediu que Nigel continuasse o seu trabalho no Saxon, mas ele foi um dos responsáveis pelas composições presentes no álbum seguinte. No seu lugar entrou o alemão Fritz Randow, que já havia tocado com o Saxon na última turnê europeia.

Em 1999 saiu "Metalhead"[2] , cuja turnê durou dois anos, e contou com apresentações no Wacken Open Air, em 2001. Durante essa última turnê foram compostas e gravadas as músicas de "Killing Ground", o novo trabalho do Saxon, duplo, contando com um CD de músicas inéditas e um outro com regravações de músicas antigas da carreira do grupo.

Finalmente em 2005 lançam o CD "Lionheart", só de músicas inéditas, que mantem a proposta vigorosa da banda, e mostra uma atualização do som, com maior peso e energia, mostrando que o Saxon está aí para outros trinta anos de Metal.

Em março de 2007 foi publicado The Inner Sanctum, o primeiro com o baterista Nigel Glöckler depois de seu retorno em 2005. O disco continuou a angariar sucesso com seus fãs, apesar de incorporar alguns sons mais comuns de power metal, e foi considerado pelos críticos como o melhor trabalho dos britânicos desde Unleash the Beast de 1997.[3]

Saxon ao vivo em Ljubljana 2009

Em 2009 lançaram um novo álbum de estúdio denominado Into the Labyrinth, que seguiu a linha de composição e sonora dos músicos que já estavam trabalhando desde 2007.[4] A digressão foi um sucesso, iniciada em seu país junto a cantora alemã Doro e participando em alguns dos mais importantes festivais de heavy metal do velho continente como Wacken Open Air e Sonisphere, para citar alguns. Apesar do êxito que trouxe a primeira parte da turnê, houve um grande problema depois de ter sido forçado a cancelar os últimos três shows na Europa, precisamente na Espanha que, depois de anunciar um show com os também ingleses Iced Earth em meados de fevereiro, a apresentação foi cancelada por "razões de programação" de ambas as bandas, o que levou a mudar para outras datas.[5]

No mesmo ano, a banda anunciou através do seu site, o futuro documentário sobre a história desde o seu início com o título de "Heavy Metal Thunder - The Movie".

Já em 2010, ainda sob a turnê Into the Labyrinth World Tour, participaram do festival Download Festival em 11 e 13 de junho, local onde interpretaram o álbum Wheels of Steel em sua totalidade, devido ao 30º aniversário do lançamento deste.[6]

Em junho de 2011, o décimo nono álbum de estúdio, Call to Arms,[7] que estreou no número seis na UK Rock Albums Chart e que só nos EUA obteve mais de 700 cópias vendidas em sua primeira semana.[8] Durante a passagem de som em locais de onze cidades do Reino Unido, a banda cobrou apenas 10 libras esterlinas para um seleto grupo de fãs. Todo o dinheiro arrecadado foi doado para instituições de caridade para crianças "Nordoff Robbins Music Therapy" e "Charities ChildLine".[9]

Durante a turnê em 2012, eles foram convidados pelo Judas Priest a tocarem juntos no Hammersmith Odeon, em Londres em 26 de maio.

Durante o mesmo ano, a banda noticiou que estava trabalhando no que seria o vigésimo álbum de estúdio e que eles esperavam publicá-lo em janeiro de 2013.[8] Por sua vez, anunciaram o novo DVD chamado "Heavy Metal Thunder - Live: Eagles Over Wacken", que contou com uma mistura de vídeos de suas performances no festival Wacken nas versões de 2004, 2007 e 2009, que também inclui um CD com uma apresentação dada em 2011 na cidade de Glasgow.[8]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns em estúdio

Apresentações no Brasil[editar | editar código-fonte]

O Saxon esteve no Brasil 5 vezes.

Referências

  1. Biografia se Saxon. www.thesentinel.es. Página visitada em 15/12/12.
  2. Metalhead - Saxon. whiplash.net. Página visitada em 15/12/12.
  3. Review Saxon - The Inner Sanctum (em inglés). Lordsofmetal.nl. Página visitada em 13 de agosto de 2012.
  4. Jeremy Witt. Review_ Into the Labyrinth (em inglés). Metalreview.com. Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  5. Saxon News: Saxon and Iced Earth forced to cancel Spanish leg of Metal Crusade (em inglés). Idiomag.com. Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  6. Saxon, HIM, Coheed & Cambria added to Download 2010 line-up (em inglés). Nme.com. Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  7. Saxon Announce Official Call To Arms Release Dates (em inglés). Bravewords.com. Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  8. a b c Saxon continuing Work on New Material (em inglés). Blabbermouth.net. Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  9. See Saxon soundcheck for Charity (em inglés). Classicrockmagazine.com. Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  10. Saxon no Brasil 2011. Show da Banda. Página visitada em 15/12/12.
  11. Saxon voltará a SP em março de 2013 para show de turnê de divulgação de novo álbum. Grupo Estado - Combate Rock. Página visitada em 15/12/12.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]