Scared Stiff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Scared Stiff
Morrendo de medo (BR)
 Estados Unidos
1953 • pb • 108 min 
Direção George Marshall
Roteiro Herbert Baker (roteiro)
Walter DeLeon (roteiro)
Paul Dickey (peça)
Charles W. Goddard (peça)
Norman Lear (roteiro)
Ed Simmons (roteiro)
Elenco Dean Martin
Jerry Lewis
Carmen Miranda
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Scared Stiff (Morrendo de Medo (título no Brasil) ou O Castelo das Surpresas (título em Portugal)), é um filme estadunidense de 1953 do gênero comédia, dirigido por George Marshall e produzido pela Paramount Pictures.

Acompanhando os protagonistas Jerry Lewis e Dean Martin nos números musicais, está Carmen Miranda, este foi o último filme da artista luso-brasileira, que morreria dois anos depois.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O cantor Larry Todd e seu parceiro atrapalhado Myron Mertz são perseguidos por um gângster ciumento. Na fuga, são ajudados por Mary Carrol, herdeira de uma grande propriedade em Cuba.

Quando Mary está para pegar o navio para tomar posse de sua herança, Larry e Myron descobrem que ela vem sendo ameaçada de morte. Além disso, a propriedade que ela herdou, um castelo medieval, tem fama de ser assombrada. Os dois resolvem ir para a Cuba com a moça, e entram para o show da cantora Carmelita Castinha, apresentado a bordo.

Elenco[2] [editar | editar código-fonte]

  • Dean Martin como Larry Todd
  • Jerry Lewis como Myron Mertz
  • Lizabeth Scott como Mary Carroll
  • Carmen Miranda como Carmelita Castinha
  • George Dolenz como Senhor Cortega
  • Dorothy Malone como Rosie
  • William Ching como Tony Warren
  • Paul Marion como Ramon Cariso / Francisco Cariso
  • Jack Lambert como Zombie
  • Tony Barr como Trigger
  • Leonard Strong como Shorty
  • Henry Brandon como Pierre
  • Jane Novak[3]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado nos Estados Unidos, no dia 27 de abril de 1953 no Mayfair Theatre.[4]

Em Portugal seu lançamento ocorreu em 19 de fevereiro de 1954, na França o filme foi re-lançado em 19 de dezembro de 1958.[5]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Refilmagem de The Ghost Breakers de 1940, estrelado por Bob Hope e também dirigido por George Marshall.[6]
  • O filme conta com uma aparição de Bing Crosby e Bob Hope, como uma retribuição pelo fato de Lewis e Martin terem feito o mesmo na comédia da dupla Road to Bali (1952).
  • No show apresentado no navio, Jerry Lewis se traveste de Carmen Miranda, com os tradicionais tamancos e chapéu de frutas. Ele canta em português a canção Mamãe eu quero, comendo uma banana que apanhou do citado chapéu.
  • De acordo com Jerry Lewis, ele e Dean Martin inicialmente não queriam fazer o filme pois achavam que a Paramount deveria ficar só com o original (The Ghost Breakers). Após muita insistência do produtor Hal B. Wallis, a dupla acabou aceitando.
  • Algumas músicas com falas ou piadas incluídas presentes na trilha sonora do filme são consideradas hoje como perdidas.
  • Foi relançado em 1958 como coleção junto com um outro filme da dupla Martin & Lewis, Jumping Jacks.

Notas e referências

  1. Cinema: Cinemateca dedica ciclo a Carmen Miranda nos cem anos do seu nascimento
  2. Morrendo de Medo (1953)
  3. Este foi o penúltimo filme de Jane Novak, atriz de cinema mudo que atuou em mais de 115 filmes. Não foi creditada.
  4. Scared Stiff (1953) THE SCREEN IN REVIEW; Martin and Lewis, 'Scared Stiff' in New Comedy, Arrive at the Mayfair Theatre
  5. Scared Stiff - Release Dates
  6. Neibaur, James L. and Okuda, Ted: Jerry Lewis Films, The: an analytical filmography of the innovative comic, Pages 62-72. McFarland & Company, Inc, 1995.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]