Schecter Guitar Research

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Agosto de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Agosto de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

A fabricante de guitarras hoje conhecida como Schecter Guitar Research foi inaugurada em 1976 pelo Sr. David Schecter como loja de reparos ( Luthieria ) em Van Nuys, California. A oficina fabricava peças de reposição e eventualmente fornecia tudo que fosse preciso para a construção de uma guitarra, entretantanto ainda não haviam fabricado nenhuma guitarra própria naquela época. Seus principais clientes eram oficinas de Luthieria e as duas maiores fabricantes americanas de guitarras na época, Gibson e Fender

Finalmente em 1979, a Schecter começou a produzir e vender suas primeiras guitarras para o público. Seus primeiros designs eram baseados nos modelos da Fender e tinham preços bastante elevados em função da altíssima qualidade de seus componentes aliada ao seu pequeno volume de produção. Foi nesse meio tempo que Pete Townshend, integrante da famosa banda The Who conheceu uma guitarra produzida pela Schecter através de seu técnico e imediatamente se apaixonou por ela. Na verdade ele gostou tanto da guitarra que ela acabou sendo sua guitarra principal durante aquela turne. Mark Knopfler do Dire Straits foi o segundo artista de grande expressáo a descobrir as guitarras Schecter. Ele utilizou diversas guitarras Schecter através dos anos, sendo uma delas arrematada em um leilão pela bagatela de $50.000 em 2004.

Em 1983, a Schecter se via esgotada de recursos e já não podia mais atender a demanda por seus produtos e David Schecter acabou vendendo a cia. para um grupo de investidores Texanos conhecedores do alto prestigio envolvendo a marca e seus produtos. Esperando obter grandes lucros, moveram a empresa para Dallas ampliando sua produção, o que pouco tempo depois se revelaria uma decisão pouco acertada. Os empregados originais, responsáveis pela grande qualidade dos produtos até então, não aceitaram mudar-se para o Texas e agora as guitarras Schecter eram produzidas em massa. Sob nova direção, agora tanto o design quanto a qualidade do produto em sí tinham má reputação entre os consumidores.

Mesmo passando por maus bocados, a Schecter conseguiu na época fazer com que um incrível guitarrista chamado Yngwie Malmsteen assinasse como endorse da marca. Tentaram novos lançamentos incluindo a chamada Saturn usada por Pete Townshend, um modelo popular chamado Scorcher baseado nas estrato porém mesmo com novos designs e preços mais baixos as vendas ainda não iam bem devido a baixa qualidade dos produtos.

Em 1987 a companhia passou ao controle do Japones de nome Hisatake Shibuya, a quem o negócio de guitarras não era novo uma vez que já havia incorporado a ESP Guitars. Ele retornou com a Schecter para a California e logo devolveu a companhia sua reputação original. Nessa época a companhia voltara a fabricar guitarras personalizadas de alto valor agregado e qualidade inquestionalvel. As guitarras eram também novamente fabricadas em pequena escala e distribuidas a um pequeno número de revendedores.

Em 1996, Hisatake contrato Michael Ciravolo como presidente da Schecter. Michael era musico experiente e havia sido empregado de Shibuya em uma de suas oficinas. Ciravolo foi o responsável por trazer alguns músicos importantes no cenário para o endorsement com a Schecter, tais como Robert DeLeo ( Stone Temple Pilots ) e Sean Yseult ( white Zombie ). Foi Michael também o responsável pela grande mudança no design das guitarras Schecter uma vez que ele pessoalmente não gostava do estilo Fender, passando a desenvolver os modelos Avenger, Hellcat e Tempest. Nessa época Michael também procurou redução dos custos de seus produtos e seguindo um tendencia no mercado de produção de guitarras, abriu uma fábrica em Inchon, Coreia do Sul. Dessa vez Micheal se certificaou de que a mudança permitiria a manutenção da qualidade nos componentes que eram fabricados em escala industrial na Coreia e enviados aos EUA para a montagem das guitarras. Essa mudança permitiu a criação da famosa Diamond Series Schecter Guitars.

A companhia continua saudável até hoje e é adorada por apreciadores de Heavy Metal, Hard Rock e estilos alternativos. Alguns dos nomes mais famosos a usar guitarras da Schecter são Pete Townshend (The Who), Prince, Yngwie Malmsteen, Eddie Vedder (Pearl Jam), Mark Knopfler (Dire Straits), Shaun Morgan (Seether), Robert DeLeo (Stone Temple Pilots), Jerry Horton (Papa Roach), Synyster Gates and Zacky Vengeance (Avenged Sevenfold), Paul Raven (Killing Joke and Ministry) e Sean Yseult (White Zombie).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]