Schnauzer miniatura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Schnauzer miniatura
Nome original Zwergschnauzer
Outros nomes Schnauzer anão
País de origem  Alemanha
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 2
Seção 1 - Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços - tipo pinscher e schnauzer
Estalão #183 6 de abril de 2000

A schnauzer miniatura[Nota] (em alemão: Zwergschnauzer) é uma raça canina originária da Alemanha. Seu nome vem da palavra alemã schnauze, que significa focinho.[1] Sobre seu surgimento existem duas teorias aceitas. Na primeira diz-se que esta raça "nasceu" dos cruzamentos entre o schnauzer standard e o affenpinscher, ao passo que na segunda afirma-se que o tamanho desta miniatura foi atingido graças ao envolvimento do pinscher nestes cruzamentos seletivos, já que seu nome primeiro foi pinscher de pelo duro. Inicialmente criado para ser um rateiro,[1] conquistou popularidade após a Segunda Guerra Mundial, quando ultrapassou a variante média em número de registros.[2]

Fisicamente pode chegar a medir 36 cm e pesar 8 kg. Sua pelagem atinge diversas cores, inclusive a branca, embora a prateada seja a preferida; sua tosa é característica: curta e uniforme, o que ressalva suas densa barba e grossa sobrancelha. Em alguns países é comum ainda que se corte as orelhas, para que fique em pé como as do pinscher. Seu temperamento é classificado como de um terrier, embora seja de fácil adestramento, graças a seu antepassado pastor.[1]

Variantes da pelagem[editar | editar código-fonte]

As cores aceitas pelo standard da raça são o preto, preto e prata e sal e pimenta (nesta o pelo muda de cor ao longo de seu comprimento, não sendo uma mistura de pelos de diferentes cores) - mas também são comuns a branca e o prata.

O schnauzer miniatura possui pelagem dupla: o sub-pelo é macio e a cobertura do tipo "pelo de arame". Na tosa de competição o torso deve sofrer stripping, com a retirada manual dos pelos, deixando apenas o sub-pelo aparente - em tosa comum apenas apara-se, obtendo visual similar. O focinho e a saia (patas e dorso) tem pelo longo, remanescente da origem e função de caça a pequenos roedores, servindo de proteção contra o frio e também para eventuais mordidas de suas presas, com o corpo livre para acessar buracos - entrando e saindo com facilidade.

Referências

  1. a b c Fogle (2009), págs 90 e 91
  2. Schnauzer standard. Dog Times. Página visitada em 30 de maio de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Schnauzer miniatura
Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.