Scirpus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaScirpus
Scirpus atrovirens

Scirpus atrovirens
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Superdivisão: Spermatophyta
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Subclasse: Commelinidae
Ordem: Poales
Família: Cyperaceae
Género: Scirpus
L., 1753
Espécies
Ver texto
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Scirpus sylvaticus.

Scirpus L. é um género botânico pertencente à família Cyperaceae. É composto de aproximadamente 1130 espécies de plantas herbáceas aquáticas.

É um gênero com distribuição cosmopolita, ou seja, apresentam espécies em todo o mundo. Crescem na água e outras em solos úmidos como terrenos pantanosos, bordas de canais , lagos e leitos de rios. Algumas espécies estão adaptadas à condições de salinidade.

Apresentam folhas do tipo gramíneas, e rácimos de pequenas espigas, geralmente de coloração marron. Agumas espécies - como a S. lacustris - podem alcançar até 3 m de altura e outras - como a S. supinus - são pequenas, alcançando somente 20 a 30 cm de altura.

As espécies Scirpus são frequentemente plantadas para inibir a erosão do solo e para fornecer um habitat para animais selvagens. Outras são usadas para a produção de medicamentos fitoterápicos; os rizomas das plantas são coletadas no outono e inverno e secadas ao sol antes de serem usadas.

A taxonomia do gênero é complexa, e continua sob a discussão dos botânicos. Estudos recentes sobre a taxonomia da família Cyperaceae resultaram na criação de diversos gêneros novos, incluindo os gêneros Schoenoplectus e Bolboschoenus.

Espécies de Scirpus são fontes de alimento para larvas de algumas espécies de Lepidoptera incluindo a Batrachedra cuniculata.

Na classificação taxonômica de Jussieu (1789), Scirpus é o nome de um gênero botânico, ordem Cyperoideae, classe Monocotyledones com estames hipogínicos.

Sinonímia[editar | editar código-fonte]

Espécies[editar | editar código-fonte]

  • Scirpus ancistrochaetus
  • Scirpus atrocinctus
  • Scirpus atrovirens
  • Scirpus campestris
  • Scirpus cespitosus
  • Scirpus californicus
  • Scirpus cernuus
  • Scirpus congdonii
  • Scirpus cyperinus
  • Scirpus diffusus
  • Scirpus divaricatus
  • Scirpus expansus
  • Scirpus flaccidifolius
  • Scirpus fluitans
  • Scirpus georgianus
  • Scirpus hattorianus
  • Scirpus inundatus
  • Scirpus lineatus
  • Scirpus longii
  • Scirpus mariqueter
  • Scirpus microcarpus
  • Scirpus mucronatus
  • Scirpus nevadensis
  • Scirpus olneyi
  • Scirpus pacificus
  • Scirpus pallidus
  • Scirpus paludosus
  • Scirpus pedicellatus
  • Scirpus pendulus
  • Scirpus polyphyllus
  • Scirpus pumilus
  • Scirpus pungens
  • Scirpus radicans
  • Scirpus robustus
  • Scirpus supinus
  • Scirpus sylvaticus
  • Scirpus tabernaemontani
  • Scirpus triqueter

Classificação do gênero[editar | editar código-fonte]

Sistema Classificação Referência
Linné Classe Triandria, ordem Monogynia Species plantarum (1753)

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Poales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.