Secção Francesa da Internacional Operária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Secção Francesa da Internacional Operária
Section Française de l'Internationale Ouvrière
Presidente Guy Mollet (último)
Fundação 1905
Dissolução 1969
Ideologia Socialismo
Marxismo
Socialismo democrático
Social-democracia
Espectro político Esquerda
Sucessor Partido Socialista Francês
Afiliação internacional Internacional Socialista (1951-1969)
Grupo no Parlamento Europeu Grupo Socialista
Assembleia Nacional Francesa (1968)
57 / 487
Cores Vermelho

A Secção Francesa da Internacional Operária ('SFIO') foi um partido político socialista francês, criado em 1905 até 1969. Em 1969, a SFIO tornou-se o Partido Socialista Francês, à época do Congrès d'Issy-les-Moulineaux, quando se associou à Union des clubs pour le renouveau de la gauche.

Os partidos socialistas antes do SFIO[editar | editar código-fonte]

Reorganização e unidade inicial (1876-1890)[editar | editar código-fonte]

Após os acontecimentos da Comuna de Paris, houve uma terrível repressão aos movimentos socialistas. Há entre 20 mil e 30 mil mortes e mais de 38.500 fugitivos e exilados e outras tantas pessoas em prisões. Entre os presos, havia 78% de operários entre os quais, 84% foram deportados nas colónias mais distantes do império francês. A partir de 1872, as classes trabalhadoras são reorganizados em câmara sindical. Em 1876, o operário-joalheiro Barberet, organizou o primeiro congresso dos operários. De Londres, os exilados (incluindo os amigos de Blanqui) se organizam e acusam abertamente o governo de incentivar e favorecer a classe média. Por outro lado Jules Guesde, um jornalista condenado por defender a Comuna, desenvolve uma posição de diferenciação em relação aos outros partidos.

A divisão em cinco tendências (1882-1901)[editar | editar código-fonte]

A estrutura socialista unitária foi criado em 1878, a Fédération du Parti des travailleurs socialistes de France (FPTSF). Mas o Congresso de 1880 e de 1881 mostra uma desunião nos socialistas. Desde 1882 eles criam vários partidos que representam cinco principais tendências do socialismo:

  • O Possibilismo;
  • O Allemanismo (de Jean Allemane);
  • Os Socialistas independentes;
  • Os Guesdistes (de Jules Guesde);
  • O Partido socialista revolucionário (França).

O caminho para a unidade : os dois partidos socialistas (1901-1905)[editar | editar código-fonte]

Em 1901, dois movimentos socialistas opõem-se :

  • uma "esquerda", claramente revolucionária de Édouard Vaillant e Guesde;
  • uma "direita" mais reformistas de Jean Jaurès e Paul Brousse.

A SFIO[editar | editar código-fonte]

A unificação do socialismo francês ocorre em 1905, no congresso do Globe em Paris, após o Congresso socialista Internacional de Amsterdam de 1904. A secção do Partido Socialista da Internacional dos Trabalhadores, mais conhecido como o SFIO nasceu.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre França é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.