Sean Paul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Sean Paul
Seanpaul01.jpg
Sean Paul no concerto B-Live, Nova Iorque
Informação geral
Nome completo Sean Paul Ryan Francis Henriques
Nascimento 9 de Janeiro de 1973 (41 anos)
Origem Kingston (Jamaica)
País  Jamaica
Gênero(s) Dancehall, Reggae,Hip Hop, R&B
Período em atividade 1996 - presente
Gravadora(s) Atlantic Records
Afiliação(ões) Lil Jon, Akon, Sasha, 50 Cent, Estelle, Beyoncé, Drake

Sean Paul Ryan Francis Henriques, de nome artístico Sean Paul (Kingston, 9 de Janeiro de 1973) é um cantor Jamaicano de reggae e hip-hop, vencedor do Grammy de 2002 com o album Dutty Rock como melhor album Reggae.

1973-1996: Início da vida[editar | editar código-fonte]

Sean Paul, nasceu em Kingston, na Jamaica e passou seus primeiros anos em Upper Saint Andrew Parish, a poucos quilômetros do norte de Kingston. Seus pais, Frances e Garth, sua mãe é uma pintora de renome. Seu avô paterno era judeu, cuja família emigrou de Portugal, e sua avó paterna era afro-caribenha, sua mãe é origem inglesa e Chinêsa com ascendência jamaicana. Muitos membros da sua família são nadadores. Sean Paul chegou a fazer parte da equipa nacional de pólo aquático da idade de 13-21, onde disputou partidas contra a seleção brasileira. Mas depois desistiu do esporte, a fim de lançar sua carreira musical.

1996-2004: Stage One e Dutty Rock[editar | editar código-fonte]

Ele fez uma aparição rápida no filme Belly (1998) onde aparecia no palco cantando. Isso tudo graças a uma colaboração bem sucedida com DMX & Mr. Vegas (Top Shotter) que virou a trilha sonora do filme. Em 2000, Sean Paul lançou o seu primeiro álbum, Stage One com VP Records. Em 2002, ele começou a trabalhar intensamente com uma equipe de produtores e coreógrafos de Toronto. Onde trabalhou ao lado de Jae Blaze da Blaze Entertainment e anunciou o lançamento de seu segundo álbum, Dutty Rock. Empurrado pelo sucesso dos singles "Gimme the Light" e "Get Busy", que alcançaram o Top 100 da Billboard Hot, o álbum foi um sucesso mundial, vendendo mais de seis milhões de cópias. Ao mesmo tempo, Sean Paul lançou singles como: "Baby Boy" ao lado de Beyoncé, e "Breathe" com Blu Cantrell, ambos alcançando o número um nas listas Americanas. Ambos ajudaram a empurrar ainda mais a sua reputação nos Estados Unidos.

2005-2008: The Trinity[editar | editar código-fonte]

Sean Paul em Setembto de 2005.

O terceiro álbum de Sean Paul, The Trinity foi lançada em 27 de setembro de 2005. O álbum lançous cinco grandes sucessos, "We Be Burnin '", "Ever Blazin'", "Give It Up To Me", "Never Gonna Be The Same" e "Temperature", que lhe rendeu uma certificado de música digital mais vendida, ultrapassando a incrível marca de 1 milhão de downloads.

O vídeo de "(When You Gonna) Give It Up to Me" (com participação de Keyshia Cole) também foi destaque no filme "Step Up" em 2006. Ele foi indicado para quatro prêmios no Billboard Music Awards 2006, incluindo o artista masculino do ano, artista de rap do ano, o Hot 100 single do ano, e pop single do ano por seu sucesso "Temperature". Ele também ganhou o American Music Award com a música "(When You Gonna) Give It Up To Me" batendo Kanye West e Nick Lachey, que também foram indicados para o prêmio. Sua canção "Send It On" do álbum "The Trinity" apresentado em 2005 no anúncio Vauxhall Corsa. Sean Paul contribuiu com muitos artistas, produzindo vários singles de sucesso, como "Can you do the Work" com Cecille, "Cry Baby Cry" com Carlos Santana, Come Over ao lado de Estelle e "Break it Off" junto a Rihanna. Em março de 2007, ele retornou à Jamaica para realizar a abertura da Copa do Mundo de Críquete. Sean Paul aparece no jogo Def Jam Vendetta como parte da tripulação de Snoop Dogg e novamente na sequência do jogo, Def Jam: Fight for NY.

A história por trás de Never Gonna Be The Same[editar | editar código-fonte]

Essa música é muito importante para Sean Paul, porque ela fala sobre todos os parentes e amigos que faleceram, entre eles: Daddigon, Boggle, Peter Cargill, Simplory, Shorty Malcolm, Nicole Inverno, e, claro, seu pai. "Ele era um amigo meu. Ele era um dos DJ's da Cup Dutty Crew. Ele foi baleado em Kingston no ano passado, e isso realmente me tocou, porque estávamos vivendo muitas coisas novas. É por isso que eu quis dedicar o primeiro verso dessa canção a ele ... O segundo verso é uma homenagem a todos os meus outros amigos e familiares que morreram. E no terceiro verso, tentei citar as pessoas que fizeram falta em minha vida. Um deles era Pedro Cargill e Stephen "Shorty" Malcolm, que faziam parte da equipe da Jamaica Reggae Boyz ( equipe de pólo aquático) que jogou a Copa do Mundo na França em 98 e morreu em um acidente de carro. Há também o DJ simplory que morreu de um ataque cardíaco em 2004 e Bogle era um dançarino popular na Jamaica ... Na verdade Never Gonna Be The Same fala sobre todas as pessoas que desapareceram em torno de mim. É para dizer que "sem eles, nada será como antes. É uma canção muito triste e comovente ..." trecho da entrevista "R.A.P RnB" em Julho de 2006

2009-2011: Imperial Blaze[editar | editar código-fonte]

O mais recente álbum de Sean Paul, intitulado como "Imperial Blaze" foi lançado em 18 de agosto de 2009. O primeiro single, "So Fine", que foi produzido por Stephen "Di Gênio" McGregor, e estreou no site oficial de Sean Paul em 26 de abril de 2009. (www.allseanpaul.com/) O novo álbum é composto por 21 faixas, incluindo "So Fine", "Press It Up", "She Want Me", "Private Party", com batidas dançantes e também canções de amor como "Hold My Hand" (feat Keri Hilson), "Lately", "Now That I've Got Your Love", entre outros. Os produtores do álbum incluem Don Corleone, Jeremy Harding, e 'Jigzagula o irmão de Sean Paul. Ele aparece em um vídeo de Shaggy, intitulado "Save a Life", que também inclui participações de Elephant Man e Da'Ville, entre outros. Em um esforço para arrecadar dinheiro para um hospital infantil. Em uma entrevista em 2009 ele diz que está planejando lançar um novo álbum em 2011. Hoje Sean Paul se destacou ao lado de "Jay Sean" e Lil Jon com o single "Do You Remember" outro sucesso foi o remix de "Hold My Hand" ao lado de Zaho, além do remake do grupo 2 Unlimited ao lado de Bob Sinclair intitulado "Tik Tok". Em 2012, ele fez dois concertos nos dias 7 e 8 de Dezembro em Maputo, Moçambique.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

MixTape[editar | editar código-fonte]

Colaborações[editar | editar código-fonte]

Canções[editar | editar código-fonte]

  • 9 to 5
  • Agara mi mano (Hold my hand en espagnol)
  • Amazing
  • Any Gyal Me Touch
  • All Night Long
  • As far as i see
  • As time goes on
  • Beat Like Drum
  • Beat Of My Heart
  • Beg Man
  • Beware
  • Big Chat
  • Big Bad And Bold
  • Bad man deh bout yah
  • Butta
  • Bounce it right there
  • Buy you a round
  • Calling Out
  • Come And get It
  • Correspond
  • Clear and plain
  • Done Rule
  • Down Di Line
  • Dream
  • Excite me
  • Fire Brigade
  • Fire Truck
  • Forgotten
  • Get Busy
  • Get it right
  • Get with it girl
  • Girl on the phone
  • Grip
  • Hardcore (Settle the Score)
  • Hey Ya
  • Highest Grade
  • Home Alone
  • Hot Already
  • Hold On
  • I Can Give You Pleasure
  • Life
  • Life Is A Gift
  • Lock Di City
  • Model
  • Moorning
  • Move You bady
  • My Girl
  • My Place
  • Nah bow
  • Nag gah happen
  • Perfect World
  • Pick It Up And Drop It
  • Player Haters
  • Rat Race
  • Regular Thing
  • Report To We
  • Shake it
  • She beg a man
  • She Want It
  • She doesn't mind
  • So Fine
  • Time after time
  • Time Of Day
  • Turn Me On
  • Touch The Sky
  • Watch Dem Roll
  • Waggonist
  • Weak Inna Di Knees
  • Weed Indeed
  • When mi explore
  • Where Is The Love
  • Wickedest Ride
  • You came the right time
  • Young World

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

World Music Awards in May 2007.
  • American Music Awards
    • 2006, Favorite Pop/Rock Male Artist (Vencedor)
    • 2003, Favorite Hip-Hop/Rap Male Artist (Indicado)
    • 2003, Favorite Hip-Hop/Rap Album Dutty Rock (Indicado)
  • Grammy Awards
    • 2010, Best Reggae Album: Imperial Blaze (Indicado)
    • 2006, Best Reggae Album: The Trinity (Indicado)
    • 2004, Best New Artist: (Indicado)
    • 2004, Best Reggae Album: Dutty Rock (Vencedor)
    • 2004, Best Male Rap Solo Performance: "Get Busy" (Indicado)
  • MOBO Awards
    • 2009, Best Reggae Act (Vencedor)
    • 2006, Best Reggae Act (Vencedor)
    • 2005, Best Reggae Act (Indicado)
  • MTV Video Music Awards
    • 2006, Best Dance Video "Temperature" (Indicado)
    • 2003, Best Dance Video "Get Busy" (Indicado)
    • 2003, Best New Artist "Get Busy" (Indicado)
  • Soul Train Awards
    • 2009, Best Reggae Artist (Vencedor)
    • 2007, Best Dance Cut "When You Gonna (Give It Up to Me)" (Indicado)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sean Paul