Sebastian Giovinco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sebastian Giovinco
Sebastian Giovinco
Informações pessoais
Nome completo Sebastian Giovinco
Data de nasc. 26 de Janeiro de 1987 (27 anos)
Local de nasc. Turim,  Itália
Altura 1,64 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Itália Juventus
Número 12
Posição Meia-Atacante
Clubes de juventude
19962006 Itália Juventus
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2006
20072008
20102011
Itália Juventus
Itália Empoli (emp.)
Itália Parma (emp.)
0079 000(11)
0037 0000(6)
0070 000(23)
Seleção nacional3
20072009
2008
2011
Flag of Italy.svg Itália Sub-21
Flag of Italy.svg Itália Olímpica
Flag of Italy.svg Itália
0020 0000(1)[1]
0010 0000(3)[1]
0021 0000(1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 4 de março de 2013.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de novembro de 2013.

Medalhas
EUROCOPA
Prata EURO 2012 Futebol

Sebastian Giovinco (Turim, 26 de janeiro de 1987) é um futebolista italiano que atua como meia-atacante. Atualmente, joga pela Juventus.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Giovinco foi promovido ao time principal da Juventus durante a temporada 2006-07. Sua estreia foi em 12 de maio de 2007 na partida contra o Bologna pela Serie B, entrando como substituto no lugar de Raffaele Palladino. Desde então, com suas grandes atuações passou a ser cotado como o futuro sucessor de Del Piero no clube.

Empréstimo ao Empoli[editar | editar código-fonte]

Em 4 de julho de 2007 foi emprestado ao Empoli junto com seu colega de clube Claudio Marchisio. Fez sua estreia numa partida internacional pela Copa da UEFA em setembro e marcou seu primeiro gol na Serie A em 30 de setembro de 2007, quando o Empoli bateu o Palermo por 3 a 1. Causou grande interesse da mídia quando marcou seu segundo gol com a camisa do Empoli: um gol de falta contra a Roma semelhante ao de Ronaldinho Gaúcho contra a Inglaterra na Copa de 2002. Houve então a comparação de Giovinco também com o jogador brasileiro. Não conseguiu evitar o rebaixamento do Empoli para a Serie B e foi chamado de volta a Turim.

Retorno a Juventus[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2008, Giovinco junto com Claudio Marchisio voltou à Juventus depois de desfrutar de um período de sucesso na Toscana. Giovinco jogou sua primeira partida pela Juve em 24 de setembro de 2008 contra o Catania. Ele substituiu Pavel Nedvěd no segundo tempo, auxiliando Amauri a marcar o único gol da partida. Em 7 de dezembro de 2008, ele marcou seu primeiro gol pela Juventus, uma falta contra o Lecce, decretando a vitória por 2 a 1. Em outubro de 2008, ele assinou uma extensão de contrato, até o verão de 2013. Ele terminou a temporada com três gols em todas as competições.

Apesar de um começo brilhante, Giovinco não jogou regularmente e fez aparições esporádicas durante toda a temporada. Em abril de 2009, sofreu uma lesão no campo de treinamento e foi descartado para o resto da temporada depois de passar por testes.

Parma[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2010, o Parma anunciou a assinatura de Giovinco por empréstimo com opção para comprar 50% dos direitos do jogador ao final da temporada. Ele marcou seu primeiro gol pelo clube em 12 de setembro de 2010. Em 6 de janeiro de 2011, Giovinco, ainda no empréstimo marcou dois gols para o Parma em uma vitória por 4 a 1 sobre a Juventus. No final da temporada, ele marcou novamente a contribuir para uma vitória sobre o seu antigo clube. Após o término do empréstimo o Parma comprou 50% dos seus direitos depois de uma temporada de estreia muito promissora, que o levou inclusive para a Seleção Italiana.

Segunda volta a Juventus[editar | editar código-fonte]

Fez um gol que deu a vitória e a classificação da Juventus para às quartas-de-finais de Copa da Itália em 12 de dezembro de 2012, vencendo o Cagliari por 1 a 0.[2] [3] Fez um gol que deu a vitória da Juventus sobre o Milan eliminando o rival na Copa da Itália por 2 a 1.[4]

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Giovinco na Itália

Com boas atuações pela Juventus e pelas seleções de base, foi convocado para a disputa das Olimpíadas de 2008. [5] Destacou-se, sendo o principal articulador de jogadas e líder da Azzurra, despertando inclusive a cobiça de outros clubes europeus, entre eles, o Arsenal, da Inglaterra, mas a Juventus avisou que o jogador voltaria do empréstimo para o Empoli e ficaria no elenco.

Estreou na seleção principal em 9 de fevereiro de 2011 contra a Alemanha em amistoso disputado em Dortmund.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 26 de Setembro de 2011

Clubes[editar | editar código-fonte]

[6] [7]

Clube Liga Temporada Liga Copa Europa Outros Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Juventus Serie B 200607 3 0 0 0 - - 0 0 3 0
Empoli Serie A 2007–08 35 6 1 0 1 0 0 0 37 6
Juventus Serie A 2008–09 19 2 3 1 5 0 0 0 27 3
2009–10 15 1 0 0 4 0 0 0 19 1
Parma Serie A 2010–11 30 7 2 0 - - 0 0 32 7
Parma 201112 3 3 0 0 0 0 3 3
Juventus Total 37 3 3 1 9 0 0 0 48 4
Total na Carreira 105 19 6 1 10 0 0 0 121 20

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols
2011 6 0
2012 8 0
2013 3 1
2014 4 0
Total 21 1

Gols pela seleção[editar | editar código-fonte]

Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 19 de junho de 2013 Arena Pernambuco. São Lourenço da Mata, Brasil Flag of Japan.svg Japão 4–3 4–3 Copa das Confederações

Títulos[editar | editar código-fonte]

Juventus
Seleção Italiana

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.