Sebastian Giovinco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sebastian Giovinco
Sebastian Giovinco
Informações pessoais
Nome completo Sebastian Giovinco
Data de nasc. 26 de Janeiro de 1987 (27 anos)
Local de nasc. Turim,  Itália
Altura 1,64 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Itália Juventus
Número 12
Posição Meio-Campista
Clubes de juventude
19962006 Itália Juventus
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20062011
20072008
20102011
20112012
2012
Itália Juventus
Itália Empoli (emp.)
Itália Parma (emp.)
Itália Parma
Itália Juventus
0037 0000(3)
0035 0000(6)
0030 0000(7)
0036 000(15)
0052 0000(12)
Seleção nacional3
20072009
2008
2011
Flag of Italy.svg Itália Sub-21
Flag of Italy.svg Itália Olímpica
Flag of Italy.svg Itália
0020 0000(1)[1]
0010 0000(3)[1]
0016 0000(1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 4 de Março de 2013.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 26 de Março de 2013.

Medalhas
EUROCOPA
Prata EURO 2012 Futebol

Sebastian Giovinco (Turim, 26 de janeiro de 1987) é um futebolista italiano que atua como meia. Atualmente, joga pela Juventus.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Giovinco foi promovido ao time principal da Juventus durante a temporada 2006-07. Sua estreia foi em 12 de maio de 2007 na partida contra o Bologna pela Serie B, entrando como substituto no lugar de Raffaele Palladino. Desde então, com suas grandes atuações passou a ser cotado como o futuro sucessor de Del Piero no clube.

Empréstimo ao Empoli[editar | editar código-fonte]

Em 4 de julho de 2007 foi emprestado ao Empoli junto com seu colega de clube Claudio Marchisio. Fez sua estreia numa partida internacional pela Copa da UEFA em setembro e marcou seu primeiro gol na Serie A em 30 de setembro de 2007, quando o Empoli bateu o Palermo por 3 a 1. Causou grande interesse da mídia quando marcou seu segundo gol com a camisa do Empoli: um gol de falta contra a Roma semelhante ao de Ronaldinho Gaúcho contra a Inglaterra na Copa de 2002. Houve então a comparação de Giovinco também com o jogador brasileiro. Não conseguiu evitar o rebaixamento do Empoli para a Serie B e foi chamado de volta a Turim.

Retorno a Juventus[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2008, Giovinco junto com Claudio Marchisio voltou à Juventus depois de desfrutar de um período de sucesso na Toscana. Giovinco jogou sua primeira partida pela Juve em 24 de setembro de 2008 contra o Catania. Ele substituiu Pavel Nedvěd no segundo tempo, auxiliando Amauri a marcar o único gol da partida. Em 7 de dezembro de 2008, ele marcou seu primeiro gol pela Juventus, uma falta contra o Lecce, decretando a vitória por 2 a 1. Em outubro de 2008, ele assinou uma extensão de contrato, até o verão de 2013. Ele terminou a temporada com três gols em todas as competições.

Apesar de um começo brilhante, Giovinco não jogou regularmente e fez aparições esporádicas durante toda a temporada. Em abril de 2009, sofreu uma lesão no campo de treinamento e foi descartado para o resto da temporada depois de passar por testes.

Parma[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2010, o Parma anunciou a assinatura de Giovinco por empréstimo com opção para comprar 50% dos direitos do jogador ao final da temporada. Ele marcou seu primeiro gol pelo clube em 12 de setembro de 2010. Em 6 de janeiro de 2011, Giovinco, ainda no empréstimo marcou dois gols para o Parma em uma vitória por 4 a 1 sobre a Juventus. No final da temporada, ele marcou novamente a contribuir para uma vitória sobre o seu antigo clube. Após o término do empréstimo o Parma comprou 50% dos seus direitos depois de uma temporada de estreia muito promissora, que o levou inclusive para a Seleção Italiana.

Segunda volta a Juventus[editar | editar código-fonte]

Fez um gol que deu a vitória e a classificação da Juventus para às quartas-de-finais de Copa da Itália em 12 de dezembro de 2012, vencendo o Cagliari por 1 a 0.[2] [3] Fez um gol que deu a vitória da Juventus sobre o Milan eliminando o rival na Copa da Itália por 2 a 1.[4]

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Com boas atuações pela Juventus e pelas seleções de base, foi convocado para a disputa das Olimpíadas de 2008. [5] Destacou-se, sendo o principal articulador de jogadas e líder da Azzurra, despertando inclusive a cobiça de outros clubes europeus, entre eles, o Arsenal, da Inglaterra, mas a Juventus avisou que o jogador voltaria do empréstimo para o Empoli e ficaria no elenco.

Estreou na seleção principal em 9 de fevereiro de 2011 contra a Alemanha em amistoso disputado em Dortmund.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 26 de Setembro de 2011

Clubes[editar | editar código-fonte]

[6] [7]

Clube Liga Temporada Liga Copa Europa Outros Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Juventus Serie B 200607 3 0 0 0 - - 0 0 3 0
Empoli Serie A 2007–08 35 6 1 0 1 0 0 0 37 6
Juventus Serie A 2008–09 19 2 3 1 5 0 0 0 27 3
2009–10 15 1 0 0 4 0 0 0 19 1
Parma Serie A 2010–11 30 7 2 0 - - 0 0 32 7
Parma 201112 3 3 0 0 0 0 3 3
Juventus Total 37 3 3 1 9 0 0 0 48 4
Total na Carreira 105 19 6 1 10 0 0 0 121 20

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols
2011 6 0
2012 7 0
Total 13 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Juventus
Seleção Italiana

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.