Secretário de Defesa dos Estados Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Secretário de Defesa dos Estados Unidos
United States Secretary of Defense
Selo oficial
Chuck Hagel official photo.jpg
No cargo
Chuck Hagel

desde 27 de fevereiro de 2013
Website www.defense.gov

O Secretário de Defesa (SecDef) é o chefe e diretor executivo do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Esta posição corresponde ao que é genericamente conhecido como Ministro da Defesa.

O Secretário de Defesa é nomeado pelo Presidente dos Estados Unidos com o conselho e consentimento do Senado, e é membro do Gabinete e do Conselho de Segurança Nacional. Um indivíduo não pode ser nomeado como Secretário de Defesa dentro de sete anos após o alívio do serviço ativo como oficial comissionado de um componente regular de uma força armada.1 O Secretário de Defesa é uma posição Nível I da Tabela do Executivo e, assim, recebe um salário de $199.700 dólares por ano.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Secretário de Defesa dos Estados Unidos

Referências

  1. The National Security Act of 1947 originally required an interval of ten years after relief from active duty, which was reduced to seven years by Sec. 903(a) of the National Defense Authorization Act for Fiscal Year 2008|2008 National Defense Authorization Act. In 1950 Congress passed special legislation (Pub. Law 81-788) to allow George C. Marshall to serve as Secretary of Defense while remaining a commissioned officer on the active list of the Army (Army regulations kept all five-star generals on active duty for life), but warned:

    It is hereby expressed as the intent of the Congress that the authority granted by this Act is not to be construed as approval by the Congress of continuing appointments of military men to the office of Secretary of Defense in the future. It is hereby expressed as the sense of the Congress that after General Marshall leaves the office of Secretary of Defense, no additional appointments of military men to that office shall be approved.

    See Defenselink bio, retrieved 8/2/2010; and Marshall Foundation bio, retrieved 8/2/2010.