Secret Agent X-9 (1937)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Secret Agent X-9
Agente Secreto X-9[1]  (PT)
X-9, o Agente Secreto[2] / Agente Secreto X-9[3]  (BR)
 Estados Unidos
1937 • P&B • 12 capítulos, 294 min 
Direção Ford Beebe
Clifford Smith
Produção Ben Koenig
Barney A. Sarecky
Henry MacRae
Roteiro Charles Flanders
Wyndham Gittens
Norman S. Hall
Leslie Swabacker
Ray Trampe
Dashiell Hammett (personagem)
Elenco Scott Kolk
Jean Rogers
David Oliver
Monte Blue
Henry Brandon
Gênero Espionagem
Idioma inglês
Música Clifford Vaughan
Direção de arte Ralph M. DeLacy
Cinematografia Richard Fryer
Jerome Ash
Edição Saul A. Goodkind
Leete Renick Brown
Joseph Gluck
Alvin Todd
Louis Sackin
Estúdio Universal Pictures
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 12 de abril de 1937
Portugal 6 de abril de 1938[1]
Brasil 1937[3]
Cronologia
Último
Último
Jungle Jim (1937)
Wild West Days (1937)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Secret Agent X-9 é um seriado estadunidense de 1937, gênero espionagem, dirigido por Ford Beebe e Clifford Smith, em 12 capítulos, estrelado por Scott Kolk, Jean Rogers e David Oliver. O seriado foi produzido e distribuído pela Universal Pictures, e veiculou nos cinemas estadunidenses a partir de 12 de abril de 1937.

Foi baseado nas histórias em quadrinhos Secret Agent X-9, de Dashiell Hammett e Alex Raymond.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

G-Men descobre que Brenda, notório ladrão de jóias, está indo para os EUA, para roubar as jóias da coroa da Belgravia, na quele momento em exposição. As jóias são colocadas em um navio com destino à Belgravia, no entanto, a guarda é assassinada e os tesouros são roubados. Agente Dexter (Agente X-9), encontra Blackstone, um dos membros da quadrilha, que esconde as jóias em um cofre de banco. Ele leva o recibo do banco para uma loja de arte, onde Marker, um cúmplice pago, o esconde em uma pintura a óleo. Dexter prende Blackstone e persegue Marker com a intenção de desmascaramento de Brenda.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Scott KolkAgente Dexter (X-9)
  • Jean Rogers … Shara Graustark
  • David Oliver … Pidge
  • Monte Blue … Barão Michael Karsten
  • Henry Brandon … Blackstone
  • Larry J. Blake … Chefe do FBI Agente Wheeler
  • Henry Hunter … Agente do FBI Tommy Dawson (C-5)
  • George Shelley … Packard
  • Lon Chaney Jr. … Maroni
  • Si Jenks … "Jolly Roger"
  • Lynn Gilbert… Rose
  • Robert Dalton … Thurston
  • Leonard Lord … Ransom
  • Ben Hewlett … Scarlett
  • Bob Kortman … "Trader" Delaney
  • Eddy Waller … Carp
  • Thomas Carr ... Agente Tracy (não-creditado)

Produção[editar | editar código-fonte]

O personagem Agente Secreto X-9 foi criado pelo escritor Dashiell Hammett para uma tira de quadrinhos de 1934, desenhada pelo criador de Flash Gordon, Alex Raymond, para o King Features Syndicate, de Hearst, que queria uma tira de combate ao crime, para competir com Dick Tracy.

Em 1945, a Universal fez uma sequência, um novo seriado com o mesmo personagem, Secret Agent X-9[4] , com Lloyd Bridges no papel-título.

Dublês[editar | editar código-fonte]

  • George Magrill
  • Eddie Parker dublando Scott Kolk
  • Tom Steele dublando Henry Brandon & Jack Cheatham

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. Modern Pirates
  2. The Ray That Blinds
  3. The Man of Many Faces
  4. The Listening Shadow
  5. False Fires
  6. The Dragnet
  7. Sealed Lips
  8. Exhibit A
  9. The Masquerader
  10. The Forced Lie
  11. The Enemy Camp
  12. Crime Does Not Pay

Fonte:[5]

Seriado no Brasil[editar | editar código-fonte]

Secret Agent X-9, sob o título Agente Secreto X-9, foi aprovado pela censura brasileira, de acordo com o Diário Oficial da União, em 20 de agosto de 1937, sendo portanto provável que o seriado tenha estreado no país em 1937.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Secret Agent X-9 no IMDB
  2. Mattos, A. C. Gomes de. Cinemin 12. [S.l.]: Rio de Janeiro: EBAL. 46-47 p.
  3. a b c DOU 20-08-1937
  4. Secret Agent X-9 (1945) no IMDB
  5. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc., 1984. 217–218 p. ISBN 0-7864-0471-X

Ligações externas[editar | editar código-fonte]