Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A secretaria estadual da fazenda do Estado do Rio Grande do Sul é responsável pela parte de finanças.

A lei de responsabilidade fiscal obriga a secretaria estadual da fazenda do Rio Grande do Sul a divulgar os dados referentes a seu orçamento de uma maneira padronizada e facilmente compreensível. Os dados do orçamento deste estado de 2008 mostram que ele se encontra com grandes problemas, já que gasta uma parcela ínfima do orçamento em investimentos. O que ocorre é que o estado do Rio Grande do Sul possuí uma das maiores dívidas dentre os estados do Brasil, o que compromete o dinheiro que seria destinado a investimentos. Além disso este estado também possuí grandes custos de custeio.

Execução orçamentaria ano a ano1 [editar | editar código-fonte]

Despesas[editar | editar código-fonte]

Destino 2008 (R$ bilhões) 2008 (%) 2007 (R$ bilhões) 2007 (%)
Pessoal e Encargos 10,99 46,7% 10,82 -
Juros da Dívida 0,27 1,1% 0,27 -
Transferências e Custeio 8,13 34,6% 7,01 -
Investimentos 0,31 1,3% 0,26 -
Inversões Financeiras 0,07 0,3% 0,03 -
Amortizações da Dívida 2,92 12,4% 1,56 -
Despesa Total 23,51 - 18,1 -

Referências