Segnos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antigos povos germânicos
Segnos
Mapa das tribos na Gália
Descendiam dos

Belgas, Gauleses, Germânicos

Região que habitavam
Ardenas, na Gália Belga
Grupo Étnico

Indo-europeu

Grupo Étnico Indo-europeu
Localização atual

(França, Bélgica, Luxemburgo)

Os Segnos (em latim) Segni eram um pequeno povo celta situado ao nordeste da Gália (Gália Belga como atestado pela antiga terminologia romana), seu território se confrontava com o rio Ourthe. Eles tinham como seus principais vizinhos os Condrusos, os Eburões e os Tréveros. Eles nos são conhecidos pela menção que deles faz Júlio César, relativamente aos Condrusos e que os coloca entre os Eburões e os Tréveros.

História[editar | editar código-fonte]

Júlio César se refere a eles Ele se refere a eles [1] no âmbito da resistência de Ambiorix, relacionando-os aos povos germânicos que haviam participado da embaixada enviada a ele [Júlio César], dizendo que não os contasse entre seus inimigos, pois não partilhavam dos ideais comuns às outras tribos. César respondeu que assim o faria se eles lhes entregasse os Eburões que haviam se refugiado em seu território. Se isso fosse feito, não os tomaria por inimigos e seu território não seria invadido.

Uma cidade moderna chamada "Signei" ou "Sinei", na região de Condroz, próxima a Namur, tem seu nome derivado desta tribo. Muitos historiadores acham que a pequena cidade de "Sougné" na Bélgica, foi a antiga capital dos Segnos.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.