Segunda Guerra Civil da Libéria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Segunda Guerra Civil da Libéria
Un-liberia.png
Data 1999-2003
Local Libéria
Desfecho Vitória do LURD-MODEL
Exilio de Taylor
Status Instalação de um governo de transição
Missão da ONU na Libéria (UNMIL)
Combatentes
Libéria FAL (NPFL)
Sl RUF.png FRU
Libéria LURD
Libéria MODEL
Serra Leoa Serra Leoa
Guiné Guiné
Flag of the United Nations.svg UNMIL
Nigéria Nigeria (ECOWAS)[1]
Principais líderes
Libéria Charles Taylor Libéria Sekou Conneh
Libéria Thomas Nimely
Flag of the United Nations.svg Ellen Løj[1]
Z. Alam (03-06)[2]
S. Afzal (06-09)[3]
M. Khalid (09-actual)[1]
Forças
Sl RUF.png 1.250-1.500 (2002)[4]
Libéria FAL:
11.000-14.000 (2002)[5]
12.000 (2003)[6]
Libéria Milicias:
16.000 (2003)[6]
Em 2003:[6]
35.000 LURD
14.000 MODEL
Em 2003:
Nigéria 3.500[1]
Flag of the United Nations.svg 15.000[1]
Em 2006:
Flag of the United Nations.svg 30.000[3]
Vítimas
50.000 mortos[7]
Militantes liberianos em combate

A Segunda Guerra Civil da Libéria começou em 1999 quando um grupo rebelde, com o respaldo do governo da Guiné, o Liberians United for Reconciliation and Democracy (LURD), emergiu no norte da Libéria. No início de 2003, um segundo grupo de rebeldes, o Movement for Democracy in Liberia (Movimento para a Democracia na Libéria), emergiu no sul, e entre junho e julho de 2003, o governo de Charles Taylor controlova apenas um terço do país. A capital Monróvia foi sitiada pelo LURD e o bombardeio da cidade, por parte desse grupo, resultou na morte de muitos civis. Milhares de pessoas foram retiradas de suas casas como resultado do conflito.

Referências

  1. a b c d e United Nations Mission in Liberia (página oficial en inglés) y UNMIL: Misión de Naciones Unidas en Liberia (página oficial en español
  2. Secretary-General intends to appoint lieutenant general A.T.M. Zahirul Alam
  3. a b Secretary-General Appoints Lieutenant General Sikander Afzal of Pakistan
  4. Africa South of the Sahara 2004, Europa Publications, Routledge, 2003, pp. 608.
    In October 2002 the ONU panel of Expert reported that some 1,250-1,500 former RUF combatants continued to operate in élite Liberian military units, under the command of Liberian General Benjamin Yeaten, but with continuing loyalty to Bockarie.
  5. Armed forces - Liberia
  6. a b c Escola de Cultura de Pau. Liberia (inglés) pp. 3
  7. De re Militari: muertos en Guerras, Dictaduras y Genocidios

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cartography of Africa.svgHourglass drawing.svg Este artigo sobre História da África é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.