Segunda República das Filipinas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Repúbliká ng Pilipinas
República de Filipinas

Estado satélite do Império do Japão

Flag of the Philippines.svg
1943 – 1945 Flag of the Philippines.svg

Bandeira de Filipinas

Bandeira

Hino nacional
Hino Nacional Filipino
Awit sa Paglikha ng Bagong Pilipinas
Localização de Filipinas
Continente Ásia
Capital Manila, Baguio, Tokio
Língua oficial Tagalo (oficial)
Governo República
Presidente José P. Laurel
Período histórico Segunda Guerra Mundial
 • 14 de outubro de 1943 Fundação
 • 17 de agosto de 1945 Dissolução

A Segunda República Filipina foi o regime político estabelecido nas Filipinas, entre 1943 e 1945, após a ocupação por forças japonesas durante a Segunda Guerra Mundial, substituindo o Commonwealth das Filipinas, que havia governado o país desde 1935 sob a tutela dos Estados Unidos .

O presidente Manuel L. Quezon declarou Manila, a capital, uma "cidade aberta" e deixou-a sob o governo de Jorge B. Vargas, como prefeito. Os japoneses entraram na cidade em 2 de janeiro de 1942 e estabeleceram como capital. O Japão dominou completamente as Filipinas em 6 de maio de 1942, após a Batalha de Corregidor.

A República foi proclamada após a ratificação de uma nova constituição preparada pela Comissão Executiva das Filipinas, o corpo governante temporário estabelecido em 1942 mediante pedido dos ocupantes e presidido pelo advogado Jorge B. Vargas.

Em outubro de 1943, o parlamento elegeu presidente José P. Laurel, político graduado pela Universidade de Tóquio conhecido por sua oposição à política dos EUA.

Em um país dilacerado pela luta dos guerrilheiros leais ao Commomwealth e o exército filipino contra as forças japonesas, o governo da República exerceu o seu poder somente em áreas sob seu controle geralmente por meio de decretos .[1] No final de 1944, a Segunda República Filipina, que abrangia apenas 12 das 48 províncias ,[2] impôs a lei marcial e declarou estado de guerra contra os Estados Unidos e o Império Britânico.

Após o desembarque em Leyte das forças comandadas pelo general Douglas MacArthur em 20 de outubro de 1944 que atingiram a capital Manila, o governo de Laurel foi forçado ao exílio em Taiwan e no Japão, onde Laurel proclamou a dissolução do regime após a rendição incondicional do Japão em setembro de 1945.

Referências

  1. Agoncillo, History of the Filipino People, p. 392
  2. Agoncillo, History of the Filipino People, p. 415

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Agoncillo, Teodoro C. [1960] (1990). History of the Filipino People, 8th edition, Quezon City: Garotech Publishing, p. 22. ISBN 971-8711-06-6.