Seisan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Seisan
Grafia
Tradução Treze
Outros nomes
  • Hangetsu (半月)
  • Jūsan-ho (十三歩)
Kanji 十三
Hiragana セーサン
Informações gerais
Local(is) de origem  Ryukyu
Estilo(s) original(is) Naha-te
Estilo(s) praticante(s)
Conteúdo
Técnica(s) correspondente(s) Chuan fa: Shi San Shou
Tang Soo Do: Seishan
Karate icon.svg

Seisan (十三 ou 十三歩?) é um kata do caratê original do estilo Naha-te, sendo adaptado pelos mestres de Oquinaua desde uma forma mais vetusta oriunda dos estilos de chuan fa da China, onde seria era chamado de Shí sān shǒu (em chinês: 十三手).[1] Por outro lado, a despeito de suas características com movimentos circulares, havia versões contemporâneas do kata em Shuri.

História[editar | editar código-fonte]

Não há ligação explícita entre o kata Seisan de Oquinaua e a China, posto que haja formas correlatas praticadas naquele país. Porém, conjecturas apontam nesse sentido, por exemplo, desde o seu nome em chinês, sugere-se, como é propalado nos estilos de caratê, que o kata é combinação de treze técnicas.

A forma seria oriunda do estilo da «Garça branca» de kung fu, da província de Fujian.

O exercício recebe por vezes a alcunha de «kata universal», porque, posto que seja tido como originário do Naha-te, estilo que se acredita praticar a forma mais antiga, há também versões praticadas dentro dos estilos Tomari-te e Shuri-te[2] . A despeito de tal fato, realmente o estilo Shotokan, que é verdadeiramente uma evolução do Shorin-ryu e consequentemente do Shuri-te, tem sua variante.

Hangetsu[editar | editar código-fonte]

No estilo Shotokan é conhecido como Hangetsu (半月? meia lua). Considera-se que este kata diverge em sua formatação (com sua execução moderada e controlo da respiração) dos outros do estilo, que muitas vezes é visto como uma evolução do estilo Shorin-ryu.[3] Tem-se explicado isso pelo facto de o mestre Gichin Funakoshi ter treinado com Seisho Aragaki, um expoente dos estilos Naha-te e Goju-ryu.[4]

Genealogia[editar | editar código-fonte]

 
 
 
 
 
 
 
 
Chuan fa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Naha-te
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Shuri-te
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Uechi-ryu
 
 
 
 
 
 
Ryuei-ryu
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Shorei-ryu
 
 
 
 
 
Shorin-ryu
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Toon-ryu
 
Motobu-ryu
 
Goju-ryu
 
Shito-ryu
 
Shotokan
 
Wado-ryu
 
Isshin-ryu
 
Shindo jinen ryu
 
Gensei-ryu

Características[editar | editar código-fonte]

O kata compila oito movimentos defensivos e cinco ofensivos e, entre a execução de uma e outra, as sequências possuem bastante contraste, no fito de realçar a adaptabilidade do lutador, com transições entre ligeiro e lento.

As técnicas rápidas e lentas, com eventuais explosões de energia, estão estabelecidas para serem executadas com o menos esforço possível, a fim de concentrar a força no exato ponto de impacto, quando são visados os pontos mais vulneráveis.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kata History (em inglês). Página visitada em 07.fev.2011.
  2. Seisan ¿el kata universal? « IOGKF Madrid dojo (em espanhol). Página visitada em 24.fev.2011.
  3. Karatê Shotokan - Katas. Página visitada em 07.fev.2011.
  4. Shotokan Kata: A Look Inside (em inglês). Página visitada em 07.fev.2011.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

NAKAYAMA, Masatoshi. O melhor do karatê: jitte, hangetsu, empi. 10 ed. São Paulo: Cultrix, 2009.

Ícone de esboço Este artigo sobre caratê é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.