Seleção Brasileira de Handebol Masculino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasil
Handebol Handball pictogram.svg
Bandeira
Informações gerais
Federação Confederação Brasileira de Handebol
Sigla IHF BRA
Confederação PATHF
Ranking IHF 26º
Técnico Espanha Jordi Ribera
Jogos
Jogos Olímpicos
Participações 4 (Primeira em 1992)
Melhor 10º (2004)
Última 11º (2008)
Campeonato Mundial
Participações 11 (Primeira em 1958)
Melhor 13º (2013)
Última 13º (2013)
Campeonato Pan-Americano
Participações 13 (Primeira em 1978)
Melhor 1º (2006 e 2008)
Última 2º (2012)
Kit left arm.png Kit body thingreensides.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body thinyellowsides.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo

A seleção brasileira de handebol masculino é uma equipe sul-americana composta pelos melhores jogadores de handebol do Brasil. A equipe é mantida pela Confederação Brasileira de Handebol. Encontra-se na 26ª posição do ranking mundial da IHF. [1]

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro torneio de handebol disputado por uma seleção brasileira foi Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 1958 na França.[2] Terminou em 15o lugar.[3]

Em 1992, o Brasil teve sua primeira participação no torneio olímpico de handebol, herdando a vaga da seleção de Cuba, que vencera o Brasil nas finais dos Jogos Pan-Americanos de 1991, após esta desistir. Terminou em 12º lugar no torneio em Barcelona. A história se repetiu quatro anos depois, e nos Jogos Olímpicos de Verão de 1996, os brasileiros terminaram em 11º.[4]

Na década de 2000, a seleção foi bicampeã dos Jogos Pan-Americanos, em Santo Domingo 2003 e em casa no torneio de Rio 2007. Ambos os títulos garantiram vagas nas Olimpíadas, terminando em 10º no torneio de Atenas 2004 e 11º em Pequim 2008.A tentativa do tricampeonato em Guadalajara 2011 acabou em só uma medalha de prata, com derrota para a Argentina no final.[5]

O técnico espanhol Jordi Ribera reassumiu a equipe em meados de 2012 e teve como prioridade a convocação de atletas com pouca idade visando a renovação.[4] Como consequência, em 2013 o time embarcou para o Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 2013 na situação oposta da seleção feminina, reconhecida como potência emergente no handebol e com muitas jogadoras no exterior. Só dois dos 16 convocados jogavam fora do Brasil - incluindo o veterano de três mundiais Felipe Borges, que jogava na Espanha - seis estreavam em mundiais e apenas sete jogadores compunham equipe vice-campeã em Guadalajara.[5] A equipe terminou em terceiro lugar no Grupo A, atrás apenas da campeã olímpica França e da Alemanha, e se classificou para a segunda fase pela primeira vez desde 1999. Nas oitavas de final, o Brasil foi eliminado pela Rússia.[2] A 13° colocação foi a melhor posição do Brasil em mundiais.[4]

Resultados obtidos nas principais competições[editar | editar código-fonte]

Brasil
Temporada Pan-Americano Campeonato Mundial Jogos Olímpicos
Fase máxima Pos. Fase máxima Pos. Fase máxima Pos.
2013 - Oitavas de final 13º -
2012 Final - -
2011 - President's Cup 21º -
2010 Final - -
2009 - President's Cup 21º -
2008 Final - Primeira 11º
2007 - President's Cup 19º -
2006 Final - -
2005 - President's Cup 19º -
2004 Final - Primeira 10º


Títulos conquistados

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Convocados para integrar a seleção brasileira de handebol masculino no Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 2013: [6] [7]

# Posição Nome Apelido Nascimento Altura (cm) Peso (kg) Nacionalidade Clube
3 AD Fernando José Pacheco Filho Zeba 25 de maio de 1983 193 97  Brasil Brasil EC Pinheiros
7 AE Guilherme Valadão Gama Valadão 25 de janeiro de 1991 193 100  Brasil Brasil ADC Metodista
9 PD Lucas Benedito Cândido Lucas 19 de março de 1989 185 88  Brasil Brasil SEL Taubaté
10 PE Gil Vicente de Paes Pires Gil 24 de janeiro de 1982 195 98  Brasil Brasil PM Chapecó
11 C Thiago Roberto Torres dos Santos Thiago 03 de julho de 1987 186 100  Brasil Brasil SEL Taubaté
13 C Diogo Kent Hubner Diogo 30 de janeiro de 1983 184 90  Brasil Brasil ADC Metodista
14 AE Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos Thiagus 22 de janeiro de 1989 199 98  Brasil Espanha CB Ciudad de Logroño
18 PE Felipe Borges Dutra Ribeiro Borges 04 de maio de 1985 188 93  Brasil Espanha CB Ademar León
19 PD Fábio Rocha Chiuffa Chiuffa 10 de março de 1989 185 78  Brasil Brasil ADC Metodista
21 AE Gustavo Nakamura Cardoso Japa 09 de janeiro de 1982 194 92  Brasil Brasil ADC Metodista
22 PD Oswaldo Maestro Guimarães Oswaldo 23 de outubro de 1989 183 87  Brasil Brasil EC Pinheiros
25 P Vinícius Santos Teixeira Teixeira 03 de abril de 1988 188 111  Brasil Brasil ADC Metodista
81 G Luiz Ricardo do Nascimento Rick 24 de setembro de 1981 200 106  Brasil Brasil ADC Metodista
89 G César Augusto de Oliveira Bombom 06 de janeiro de 1989 187 93  Brasil Brasil EC Pinheiros

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre andebol/handebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.