Self-clocking

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em telecomunicações e eletrônica, um sinal self-clocking (ou "auto-sincronizado") é aquele que pode ser decodificado sem a necessidade de um sinal de clock separado ou outra fonte de sincronização. Isto é feito geralmente incluindo sincronização embutida dentro do sinal e adicionando-se restrições na codificação da carga de dados de forma tal que falsas sincronizações possam ser facilmente detectáveis.

A maioria dos códigos de linha são projetados para serem auto-sincronizados.

Exemplos de self-clocking[editar | editar código-fonte]

Isócrono
Anisócrono

A maioria destes códigos pode ser vista como um tipo de codificação Run Length Limited. Os restritores em "corridas" de zeros e "corridas" de uns asseguram que as transições ocorrerão com freqüência suficiente para manter o receptor sincronizado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre eletrônica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.