Selvagem Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Selvagem Grande
Selvagem Grande location map.svg
Selvagem Grande, nas Ilhas Selvagens.
30° 08' 45" N 15° 51' 51" O
Geografia física
País  Portugal
Localização Ilhas Selvagens
Arquipélago  Madeira
Ponto culminante 163 m
Área 2.45  km²
Foto Selvagem Grande.jpg
A Selvagem Grande.

A Selvagem Grande é a maior ilha das ilhas Selvagens, parte integrante da Região Autónoma da Madeira, Portugal. Tem uma área de cerca de 5 km². A ilha pertence ao Grupo Nordeste, que inclui mais três ilhéus: Sinho, Palheiro do Mar e Palheiro da Terra.

As suas encostas são escarpadas, com algumas grutas. O seu ponto mais elevado é o Pico da Atalaia, com cerca de 163 metros de altura. Neste pico, em dias de boa visibilidade, consegue-se avistar, a sul, os 3.718 metros do Pico de Teide, da ilha de Tenerife, nas Canárias[1] .

Das ilhas Selvagens, a Selvagem Grande é a única ilha que é habitada todo o ano. De três em três semanas, um barco da armada faz a ligação a esta ilha com o intuito de trocar a equipa de vigilantes do Parque Natural da Madeira bem como de levar mantimentos. Estes profissionais, além do trabalho de vigilância, asseguram, ainda, todo o trabalho científico de rotina, monitorizando diversos parâmetros ambientais, em terra e no mar (fauna e flora). Nesta ilha além do farol, existem duas cisternas para armazenar água.

A ilha está localizada a cerca de 280 quilómetros da ilha da Madeira e a cerca de 175 quilómetros das Canárias.

História[editar | editar código-fonte]

A Selvagem Grande era alvo de expedições regulares de caça até à criação do Parque Natural da Madeira, e ao estabelecimento de um posto de vigilância permanente. Em 1976, foram realizadas várias expedições de caça a esta ilha, que dizimaram a população de cagarra ali existente, tendo sido abatidos juvenis e adultos, indiscriminadamente. Desde então a população tem vindo a crescer lentamente.

Existem vestígios de povoamento, como: socalcos, uma cisterna, condutas para água (levadas) e ainda um forno. Bem como a introdução de coelhos e, acidentalmente, de ratos, ambos contribuíram para a alteração da flora. Em 2002 iniciou-se um projecto que visa a erradicação de todas as espécies introduzidas.

Fauna e flora[editar | editar código-fonte]

Mapa da Selvagem Grande

Na fauna da Selvagem Grande destacam-se: alma-negra, pintainho, roquinho, garajau-rosado, corre-caminho, calca-mar e cagarras. Estes dois últimos foram alvo de caça ilegal. De assinalar, também, uma espécie endémica de osga, a Tarentola boettgeri bischoffi.

Quanto à flora destaca-se: a urzela.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Região Autónoma da Madeira, integrado no Projecto Madeira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.