Sem Limites (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sem Limites
Limitless
 Estados Unidos
2011 • cor • 105 min 
Direção Neil Burger
Elenco Bradley Cooper
Robert De Niro
Gênero Thriller
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Sem Limites (Limitless, no original em inglês) é um filme americano, um techno-thriller dirigido por Neil Burger. Com roteiro de Leslie Dixon, baseado no romance The Dark Fields, de Alan Glynn, e estrelado por Bradley Cooper e Robert De Niro. O filme foi lançado pela Relativity Media em 18 de março de 2011.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Eddie Morra (Bradley Cooper) é um escritor que vive em Nova York e recentemente termina com sua namorada Lindy (Abbie Cornish), não tendo ainda conseguido cumprir o prazo de entrega do seu novo livro (o qual ainda não está escrevendo). Em um certo dia, Eddie encontra Vernon Gant (Johnny Whitworth), o irmão de sua ex-mulher Melissa Gant (Anna Friel), Vernon é um negociante de drogas (remédios) que oferece a Eddie um amostra de uma nova droga, NZT-48. Eddie aceita, e para sua surpresa, a droga aumenta sua inteligência e melhora sua concentração, o cérebro que normalmente usado em 20% de seu limite, passa a ser usado em 100%, todos os sentidos tornam-se aguçados e uma nova visão sobre os problemas de sua vida começam a surgir.

Eddie pede a Vernon mais desta droga e ele concorda. Quando Eddie vai ao apartamento de Vernon, ele o encontra morto. No apartamento, Eddie encontra um pacote do NZT escondido atrás de um forno, junto com uma caderneta com diversos nomes e algum dinheiro. Com o dinheiro de Vernon e o NZT, Eddie muda sua imagem e abandona a carreira de escritor pelo mercado de ações. Ele enriquece em um ritmo muito rápido e logo é empregado por um poderoso homem de negócios, Carl Van Loon (Robert DeNiro). Eddie também volta com Lindy. Enquanto isso, ele sente que está sendo seguido por um homem de casaco castanho (Tomas Arana). Em pouco tempo, os efeitos colaterais do NZT aparecem. Eddie não consegue cumprir uma tarefa designada a ele por Carl por conta da falta do NZT, e ainda teme que possa ter matado uma mulher. Ele descobre que a retirada da droga leva a morte ou a serios danos às faculdades mentais.

Alertam-no para reduzir as dosagens até que ele possa parar antes que seja tarde demais. Eddie tenta seguir a recomendação, mas, sem a droga ele passa muito mal. Eddie paga a um químico para produzir mais NZT, e enquanto isso, tenta recuperar seu pacote que foi roubado.

Um ano depois, Eddie teve seu livro publicado (o título do livro, Illuminating the Dark Fields, faz apologia à novela que inspirou o filme) e está concorrendo a uma vaga no senado dos Estados Unidos e além disso é considerado um potencial candidato à presidência. Durante sua campanha para senador, Carl aborda Eddie e lhe informa que ele comprou a companhia farmacéutica que criou o NZT e forçou o fechamento do laboratório de Eddie. Carl oferece a Eddie um suprimento ilimitado de NZT, entretanto, Eddie precisa aceitar trabalhar novamente para Carl. Eddie recusa a oferta, informando a Carl que seu cérebro mudou devido ao seu longo uso da droga, e que não precisa mais tomá-la. Segundo ele, pôde reformular a composição da droga, de modo que seu cérebro ficou permanentemente alterado, retendo os benefícios cognitivos oferecidos pelo NZT.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Gravação[editar | editar código-fonte]

As filmagens começaram em março de 2010, com um orçamento de 26 milhões de dólares, com locações na Filadélfia e Nova Iorque e foram concluídas em 28 de maio de 2010. Algumas cenas filmadas Filadélfia passaram como se fosse New York.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

James Kakalios, professor de física da Universidade de Minnesota, afirmou que é possível que a ciência médica possa melhorar a inteligência, mas que atualmente a neuroquímica não está avançada o suficiente para que isso seja possível. Ele lembra ainda que o ser humano não usa apenas 20% do cérebro como é citado no filme.[1] O mito de que o humano usa apenas uma pequena porcentagem do cérebro já foi por várias vezes desmentido, como pode ser verificado no verbete da Wikipédia, Mito do uso de 10% do cérebro.

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Teen Choice Awards

Scream Awards

World Soundtrack Awards

  • 2011: Indicado: Discovery of the Year - Paul Leonard-Morgan[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Mito do uso de 10% do cérebro

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.