Sementes no Gelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sementes no Gelo é um livro do escritor brasileiro André Vianco, publicado em 2002 pela Editora Novo Século.

André Vianco afirma ter tido a inspiração e a idéia para compor a obra assistindo a um telejornal onde a matéria tratava sobre embriões congelados e a legislação vigente em vários países. Em todos os países na ocasião era terminantemente proibido descartar os "ovos" fertilizados, que viriam a se tornar embriões viáveis para um futuro implante nas mães com dificuldade de fertilização natural.

Com a população mundial de embriões congelados crescendo, o autor imagina um mundo onde esses seres, mesmo que minúsculos e congelados, possuem alma, espírito. Esses espíritos se desenvolvem e em determinada altura ganham o poder de se materializar para seus pais e também para aqueles que praticam violência contra crianças.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

É uma história sobre espíritos atormentados impedidos de reencarnar. Eles revoltam-se e começam a vingar-se das pessoas que cruzam seu caminho. Um detetive é chamado para investigar o caso e termina sendo vítima da fúria de um dos espíritos em particular, um antigo amigo de infância.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.