Sensor de fluxo de calor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um sensor de fluxo de calor é um transdutor que gera um sinal elétrico proporcional ao fluxo de calor total na superfície do sensor. O fluxo de calor medido é dividido pela área de superfície fixa do sensor para determinar a densidade do fluxo de calor.

O fluxo de calor pode ter diferentes origens; em princípio calor convectivo, assim como calor radioativo como condutivo pode ser medido. Sensores de fluxo de calor são conhecidos sob diferentes nomes, tais como transdutores de fluxo de calor, calibradores de fluxo de calor, placas de fluxo de calor.

Alguns instrumentos que realmente são de uso único como sensores de fluxo de calor, como os piranômetros fpara medição da radiação solar. Outros sensores de fluxo de calor incluem Gardon gauges[1] (também conhecido como um gauge de folha circular), termopilhas de filme fino,[2] e Schmidt Boelter gauges.[3] Em unidades SI o fluxo de calor é medido em watts, e a densidade do fluxo de calor é medida em watts por metro quadrado.[4]

Uso[editar | editar código-fonte]

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Heat flux sensor. Ajude e colabore com a tradução.

Referências

  1. R.Gardon, "An instrument for the direct measurement of intense thermal radiation", Rev. Sci. Instrum., 24, 366-370, 1953.
  2. T.E. Diller, Advances in Heat Transfer, Vol. 23, p.297-298, Academic Press, 1993.
  3. C.T. Kidd and C.G. Nelson, "How the Schmidt-Boelter gage really works," Proc. 41st Int. Instrum. Symp., Research Triangle Park, NC: ISA, 1995, 347-368
  4. The NIST Reference on Constants, Units, and Uncertainty - physics.nist.gov (em inglês)