Sequestro de navegador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um sequestro de navegador (em inglês, browser hijacking) é a modificação das configurações de um navegador por um malware. O termo "sequestro" é usado para indicar que essas alterações são feitas sem a autorização do usuário. Alguns sequestros de navegador podem ser desfeitos facilmente, enquanto outros casos podem ser mais difíceis de resolver. Há vários pacotes de programas que ajudam a prevenir esse tipo de modificação.

Características[editar | editar código-fonte]

É um tipo de vírus que tem por objetivo a alteração das principais configurações do navegador. Quando instalado, altera a home page e os mecanismos de busca, exibe anúncios em sites legítimos e redireciona a vítima para sites maliciosos, que podem conter exploits ou outras pragas digitais.

Prevenção[editar | editar código-fonte]

Usuários que mantém o navegador atualizado estão menos propensos a infecções desse tipo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.