Sequoia-gigante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaSequoia-gigante
Grizzly Giant Mariposa Grove.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Pinophyta
Classe: Pinopsida
Ordem: Pinales
Família: Cupressaceae
Género: Sequoiadendron
Espécie: S. gigantea
Nome binomial
Sequoiadendron gigantea
(Lindl.) J.Buchholz
Sequoiadendron giganteum
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Sequoia-gigante

A sequoia-gigante (Sequoiadendron gigantea) é a única espécie do género Sequoiadendron, inserido no grupo de coníferas pertencentes à família Cupressaceae.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A sequoia-gigante é a maior árvore do mundo em termos de volume. Ela cresce em média 50–85 m e 5–7 m em diâmetro. A sequoia-gigante mais velha conhecida possui 4.650 anos de idade e se encontra no Parque Nacional da Sequoia, na Califórnia. Medidas recordes de sequoias como 94,8 metros de altura e 17 metros de diâmetro já foram reportadas.1 A casca da sequoia é fibrosa, com sulcos, podendo chegar a 60 cm de grossura na base do tronco. Uma casca assim fornece uma excelente proteção contra fogo. As folhas são como as folhas dos pinheiros, com 3-6 mm, fazendo uma espiral nos brotos. As sementes vêm em cones, e cada cone têm em média 230 sementes de cor marrom-escura, cada uma com 4–5 mm de altura e 1 mm de espessura, possuindo umas "asinhas" marrom-amarelas de 1 mm. As sementes são carregadas pelo vento quando se desprendem do cone.

É considerada um fóssil vivo.

Tem sido plantada no Brasil para fins ornamentais e de adaptação da espécie, já que em seu lugar de origem vem sendo destruída.

Em Portugal existem alguns exemplares classificados como de Interesse Público:

Guarda, Parque da Saúde

Sabugal, Jardim do Museu e Auditório do Sabugal

Cernache do Bonjardim, Piscina Municipal

Guarda, Quinta do Alarcão

Tabuaço, Quinta do Hospital

Mata do Bussaco, Bussaco

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  1. Flint, W.D.. To Find The Biggest Tree. [S.l.]: Sequoia Natural History Association, Inc, 2002. ISBN 1878441094