Ser Benfiquista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ser Benfiquista
Hino de Sport Lisboa e Benfica
Letra Paulino Gomes Júnior
Composição Paulino Gomes Júnior
Adotado 16 de Abril de 1953
Até Presente

Ser Benfiquista é o hino do Sport Lisboa e Benfica. Foi escrito por Paulino Gomes Júnior (letra e música) por volta de 1953. Foi apresentado a 16 de Abril de 1953, num sarau de angariação de fundos para a construção do antigo Estádio da Luz, no Pavilhão dos Desportos, com a presença de cerca de 6 mil benfiquistas sendo cantado pelo tenor Luís Piçarra.[1] É reproduzido no início de todos os jogos do Benfica no Estádio da Luz.

Letra[editar | editar código-fonte]

Data: 1953
Letra: Paulino Gomes Júnior
Música: Paulino Gomes Júnior

Ser Benfiquista
Sou do Benfica
Isso me envaidece
Tenho a genica
Que a qualquer engrandece
Sou de um clube lutador
Que na luta com fervor
Nunca encontrou rival
Neste nosso Portugal.

(Refrão)

Ser Benfiquista
É ter na alma a chama imensa
Que nos conquista
E leva à palma a luz intensa
Do sol, que lá no céu
Risonho vem beijar
Com orgulho muito seu
As camisolas berrantes
Que nos campos a vibrar
São papoilas saltitantes.

Referências

  1. A Bola. Salazar proibiu hino ao Benfica (em Português) anti-benfica.com. Página visitada em 6 de Dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]