Serapião de Antioquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


São Serapião de Antioquia
Bispo de Antioquia
Morte c. 211 d.C.
Veneração por Igreja Católica
Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 30 de outubro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Serapião foi um bispo de Antioquia entre 191 a 211[1] ou 212 d.C.[2] Ele ficou conhecido primordialmente por seus escritos teológicos.[3]

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Eusébio se refere a três obras em sua História Eclesiástica, mas admite que outros provavelmente existiram.[3] A primeira é uma carta pessoal, endereçada a Caricus e Pontius contra o montanismo, da qual Eusébio cita um trecho[4] e afirma que ela contém assinaturas de diversos bispos das províncias romanas da Ásia e Trácia:

Para que vocês possam saber que este bando de mentirosos da nova profecia, assim chamada, são uma abominação para toda a comunidade em todo o mundo, eu lhes envio os escritos do abençoado Apolinário Cláudio, bispo de Hierápolis, na Ásia
 
Serapião, citado por Eusébio, História Eclesiástica[4] .

O próximo trabalho citado por Eusébio é uma obra contra um tal de Domnus, que durante a perseguição, abandonou a fé pelo judaísmo.[5] Por fim, Eusébio cita um panfleto que Serapião escreveu sobre o docético Evangelho de Pedro, no qual ele apresenta um argumento para a comunidade cristã de Rossus, na Síria[3] ou na Cilícia[6] , dependendo da fonte:

Nós, irmãos, recebemos Pedro e os outros apóstolos assim como a Cristo, mas os escritos que circulam falsamente em seus nomes nós, na nossa experiência, rejeitamos, sabendo que estas coisas nós nunca recebemos. Quando eu estava com vocês eu presumi que vocês todos estavam ligados à fé verdadeira. Assim, sem passar por todo o evangelho apresentado sob o nome de Pedro, eu disse 'Se isso é toda a mesquinha discussão de vocês, pois que seja lido então!'. Mas agora que eu sei por informações que me foram passadas que a cabeça de vocês ronda num fosso de heresia, eu farei questão de ir até vocês novamente: assim, irmãos, me esperem em breve. Saibam, então, irmãos, de que tipo de heresia era Marcião…de outros que usaram este mesmo evangelho— ou seja, dos sucessores daqueles que a iniciaram, a quem chamamos de docetae, pois a maior parte das suas ideias são desta escola— deles eu o tomei emprestado e consegui lê-lo completamente e descobri que muito do que está ali pertence ao ensinamento correto do Salvador, mas algumas coisas são adições
 
Serapião, citado por Eusébio, História Eclesiástica[5] .

Ele foi um dos biografados por São Jerônimo em sua obra De Viris Illustribus (Sobre Homens Ilustres - capítulo 41)[7] , que basicamente repete as informações de Eusébio.

Gnosticismo[editar | editar código-fonte]

Serapião também agiu, com o apoio de Panteno, contra a influência do Gnosticismo em Osroena consagrando Palut como bispo de Edessa, onde Palut atacou as tendências cada vez mais gnósticas que o clérigo Bardesanes estava ensinando na comunidade cristã.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Máximo I
Bispo de Antioquia
191211 ou 212
Sucedido por
Asclepíades

Referências

  1. Patriarchs of Antioch: Chronological List (em inglês) Syriac Orthodox Resources. Página visitada em 24 de dezembro de 2011.
  2. Primates of the Apostolic See of Antioch (em inglês) St. John of Damascus Faculty of Theology, University of Balamand. Página visitada em 24 de dezembro de 2011.
  3. a b c Wikisource-logo.svg "St. Serapion" na edição de 1913 da Catholic Encyclopedia (em inglês)., uma publicação agora em domínio público.
  4. a b Eusébio de Cesareia. História Eclesiástica: Serapion on the Heresy of the Phrygians (em inglês). [S.l.]: Newadvent.org. Capítulo: 19. , vol. V.
  5. a b Eusébio de Cesareia. História Eclesiástica: Serapion and his Extant Works (em inglês). [S.l.]: Newadvent.org. Capítulo: 12. , vol. VI.
  6. The Church of Antioch
  7. Wikisource-logo.svg "De Viris Illustribus - Serapion the bishop", em inglês.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]