Serge Gainsbourg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serge Gainsbourg
Serge Gainsbourg
Informação geral
Nome completo Lucien Ginzburg
Também conhecido(a) como Julien Grix
Nascimento 2 de Abril de 1928
Paris, île-de-France
 França
Data de morte 2 de março de 1991 (62 anos)
Paris, île-de-France
 França
Gênero(s) Chanson
Jazz
Funk
Reggae
Rock
pop
new wave[carece de fontes?]
Instrumento(s) piano, vocal
Período em atividade 1957 - 1991
Outras ocupações compositor, ator e diretor
Afiliação(ões) Jane Birkin
Página oficial Página Oficial

Serge Gainsbourg (Lucien Ginzburg) (Paris, 2 de abril de 1928 — Paris, 2 de março de 1991) foi um músico, cantor e compositor francês.

Gainsbourg escreveu canções para diversos intérpretes, dentre os quais destacam-se Juliette Gréco, Françoise Hardy, France Gall, Brigitte Bardot, Jacques Dutronc, Catherine Deneuve, Alain Chamfort, Alain Bashung, Anna Karina, Isabelle Adjani, Vanessa Paradis e para sua esposa Jane Birkin, mãe da sua filha Charlotte Gainsbourg.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Paris, filho de judeus russos que haviam emigrado para a França, fugindo da revolução de 1917. O pai era pianista e tocava em clubes da cidade.

A mudança de Lucien Ginzburg para Serge Gainsbourg aconteceu no final da década de 50. Estreou em vinil em 1958 com Du Chant à la Une! Sua carreira deslanchou em 1966, em meio à febre das Ye Ye Girls, quando passou a compor e empresariar a jovem cantora France Gall. Em 1968 começou um affaire com a atriz Brigitte Bardot, com a qual gravou canções memoráveis.

Je t'aime moi non plus havia sido composta originalmente para Brigitte, mas ela, insegura com o escândalo que a música poderia causar (e certamente causou), preferiu não lançar o dueto. Serge, por sua vez, encontrou uma substituta à altura: a atriz britânica Jane Birkin, que já havia causado escândalo com cenas de nudez em Blow-Up (filme de Michelangelo Antonioni) e com a qual foi depois casado.

Também foi ator e cineasta. Contudo, seu maior personagem era ele mesmo. Viciado irrecuperável em cigarros, álcool, mulheres e poesias com temas polêmicos, ele colecionou escândalos e amantes durante toda a vida.

O sucesso de Je t'aime no entanto foi inegável, e a canção foi regravada mais tarde por Donna Summer e Ray Conniff, entre outros.

Sempre foi muito polêmico por seu comportamento, e suas músicas só faziam sucesso quando eram cantadas por outros artistas ou anos depois[carece de fontes?].

Serge Gainsbourg foi um talentoso compositor que soube trafegar por diversos ritmos e estilos. Produziu muitas músicas para filmes e trabalhos que vão do jazz ao rock ao funk ao reggae, incluindo um álbum com Sly Dunbar e Robbie Shakespere na Jamaica.

Serge faleceu em 2 de março de 1991 de enfarto do miocárdio, e foi enterrado no cemitério de Montparnasse, ao lado dos pais. Era notório fumante, sendo sua imagem frequentemente captada em fotos da imprensa fazendo uso de cigarros. Sua vida foi retratada no filme Gainsbourg – O Homem Que Amava as Mulheres, de 2010.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1958: Du Chant à la Une!
  • 1959: N°2
  • 1961: L'Étonnant Serge Gainsbourg
  • 1962: N°4
  • 1963: Gainsbourg Confidentiel
  • 1964: Gainsbourg Percussions
  • 1967: Anna (trilha sonora)
  • 1968: Bonnie & Clyde (com Brigitte Bardot)
  • 1968: Initials B.B. (com Brigitte Bardot)
  • 1968: Jane Birkin & Serge Gainsbourg
  • 1971: Histoire de Melody Nelson
  • 1973: Vu de l'Extérieur
  • 1975: Rock Around the Bunker
  • 1976: L'Homme à Tête de Chou
  • 1979: Aux Armes et Cætera (Versão Reggae da Marseillaise)
  • 1980: Enregistrement Public au Théâtre le Palace
  • 1981: Mauvaises Nouvelles des Étoiles
  • 1984: Love on the Beat
  • 1985: Serge Gainsbourg Live (Casino de Paris)
  • 1987: You're Under Arrest
  • 1988: Le Zénith de Gainsbourg
  • 1989: De Gainsbourg à Gainsbarre (coletânea, Coffret 9 CDs)
  • 2001: Gainsbourg Forever (caixa integral)
  • 2001: Le Cinéma de Gainsbourg (caixa com 3 CDs)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

(Obras escritas por [ou em colaboração com] Serge Gainsbourg)

  • 1968: Chansons cruelles
  • 1971: Melody Nelson
  • 1980: Evguenie Sokolov
  • 1980: Au pays des malices
  • 1981: Bambou et les poupées
  • 1983: Black out, avec Jacques Armand (História em quadrinhos)
  • 1986, 1992: Gainsbourg, com Alain Coelho e Franck Lhomeau
  • 1987], 1991: Mon propre rôle (2 tomes)
  • 1987: Où es-tu Melody ?, com Iusse (História em quadrinhos)
  • 1991: Mauvaises nouvelles des étoiles
  • 1994: Dernières nouvelles des étoiles

Biografias[editar | editar código-fonte]

(Obras de referência sobre Serge Gainsbourg)

1994: Gilles Verlant & Isabelle Salmon, Gainsbourg Et Caetera 2000: Gilles Verlant, Gainsbourg 2004: Serge Gainsbourg - Um Punhado de Gitanes

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como diretor[editar | editar código-fonte]

Como ator[editar | editar código-fonte]

  • 1959: Voulez-vous danser avec moi ??
  • 1961: La Révolte des Esclaves
  • 1962: Hercule se déchaîne
  • 1962: Samson contre Hercule
  • 1963: Strip-Tease
  • 1966: Le Jardinier d'Argenteuil, de Jean-Paul Le Chanois
  • 1967: Toutes folles de lui
  • 1967: Estouffade à la Caraïbe
  • 1967: Trilha sonora da sua comédia musical Anna
  • 1968: L'Inconnu de Shandigor
  • 1968: Vivre la nuit
  • 1968: Le Pacha, de Georges Lautner
  • 1968: Ce sacré grand-père
  • 1969: Erotissimo
  • 1969: Slogan, de Pierre Grimblat
  • 1969: Les Chemins de Katmandou, d eAndré Cayatte
  • 1969: Mister Freedom, de William Klein
  • 1969: Paris n'existe pas, de Robert Benayoun
  • 1970: Cannabis, de Pierre Koralnik
  • 1971: Le Voleur de Chevaux, de Abraham Polonsky
  • 1971: Le Traître ?
  • 1972: Trop jolies pour être honnêtes
  • 1972: La dernière violette
  • 1974: Les Diablesses
  • 1975: Sérieux comme le plaisir
  • 1980: Je vous aime, de Claude Berri

Curta-metragens e clips[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Artigos relacionados[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Serge Gainsbourg
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.