Serge Haroche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serge Haroche Medalha Nobel
Física
Serge Haroche (2009)
Nacionalidade França Francês
Nascimento 11 de setembro de 1944 (70 anos)
Local Casablanca
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade Pierre e Marie Curie, Collège de France
Alma mater Escola Normal Superior de Paris, Universidade Pierre e Marie Curie
Prêmio(s) Medalha Albert A. Michelson (1993), Medalha de Ouro CNRS (2009), Medalha do prêmio Nobel Nobel de Física (2012)

Serge Haroche (Casablanca, 11 de setembro de 1944) é um físico francês. Desde 2001 é professor do Collège de France.

Em 2012 foi laureado, juntamente com David Wineland, com o Prêmio Nobel da Física, "por métodos experimentais inovadores que permitem a medição e a manipulação de sistemas quânticos individuais".[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Naturalizado francês, Serge Haroche nasceu em Casablanca, Marrocos, em 1944. Estudou na Escola Normal Superior de Paris (ENS). Ao sair da ENS, integrou o Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), um dos principais centros europeus de pesquisa. Professor na École Polytechnique e na Universidade Pierre e Marie Curie, também ensinou durante nove anos na Universidade Yale, nos Estados Unidos.[2]

Nomeado em 2001 professor do Collège de France da disciplina de física quântica, Haroche liderou o grupo de eletrodinâmica dos sistemas simples no laboratório Kastler Brossel do Departamento de Física da ENS. O pesquisador é um forte defensor da investigação fundamental, "a pesquisa com base em pura curiosidade". Serge Haroche é membro da Académie des Sciences, da Academia Europeia de Ciências e membro associado da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.[2]

Em 2008, com seu colega do ENS Jean-Michel Raimond, Haroche conseguiu observar a passagem da física quântica para a física clássica em um pequeno conjunto de fótons, partículas que constituem a luz. Para isso, utilizaram uma cavidade revestida de espelhos capaz de prender durante muito tempo fótons e um método de observação de fótons que perturba muito pouco estas partículas. Também puderam observar a passagem de fótons de um estado atípico do mundo quântico a um estado que corresponde perfeitamente à física clássica, este fenômeno chamado de "decoerência" ocorreu sob sua observação.[3]

Em 2012 Serge Haroche, junto com David Wineland, foi condecorado com o prêmio Nobel de Física, por inovadores métodos experimentais que permitem a medição e a manipulação de partículas quânticas individuais. Haroche e Wineland pesquisam o campo de óptica quântica, que lida com a interação entre luz e matéria. Trabalhando separadamente e com "métodos laboratoriais engenhosos", os dois cientistas conseguiram medir e controlar os estados quânticos frágeis que haviam sido teorizados como impossíveis de serem observados diretamente. Wineland conseguiu um método para captar íons, átomos carregados, e medi-los com luz, enquanto Haroche controlou e mediu fótons, partículas que constituem a luz.[4]

Casado, é pai de duas crianças.[2]

Áreas de pesquisa[editar | editar código-fonte]

Haroche é conhecido pela observação experimental da decoerência quântica. Obteve este resultado com colegas na Escola Normal Superior de Paris, em 1996.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Exploring the Quantum - Atoms, Cavities and Photons (com Jean-Michel Raimond) Oxford University Press, September 2006, ISBN 9780198509141
  • M. Brune, E. Hagley, J. Dreyer, X. Maître, A. Maali, C. Wunderlich, J. M. Raimond, et S. Haroche: Observing the Progressive Decoherence of the “Meter” in a Quantum Measurement. In: Phys. Rev. Lett. Band 77, 1996, S. 4887–4890.

Condecorações e associações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Press release – Particle control in a quantum world (em inglês) Royal Swedish Academy of Sciences Nobelprize.org. Visitado em 9 de outubro de 2012.
  2. a b c Veja; Agência France Press. [http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/serge-haroche-minha-pesquisa-parece-esoterica Prêmio Nobel de Física Serge Haroche: Minha pesquisa parece esotérica] Veja.com.br. Visitado em 14 de outubro de 2012.
  3. Estado de Minas; Agência France Press (09). Francês Serge Haroche e americano David Wineland levam Nobel de Física Estado de Minas. Visitado em 14 de outubro de 2012.
  4. Último Segundo. [hhttp://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/2012-10-09/nobel-fisica-2012.html Nobel de Física 2012 vai para estudos de controle de partículas quânticas]. Visitado em 14 de outubro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Jean Weissenbach
Medalha de Ouro CNRS
2009
Sucedido por
Gérard Férey
Precedido por
Saul Perlmutter, Adam Riess e Brian Schmidt
Nobel de Física
2012
com David Wineland
Sucedido por
François Englert e Peter Higgs


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.