Sergio Bonelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sergio Bonelli
Sergio Bonelli al Lucca Comics 2009.jpg

Nascimento 2 de dezembro de 1932
Morte 26 de setembro de 2011 (78 anos)
Nacionalidade italiano
Área(s) de atuação roteirista, editor
Trabalhos de destaque Mister No
Zagor

Sergio Bonelli, de pseudônimo Guido Nolitta (Milão, 2 de dezembro de 1932Monza, 26 de setembro de 2011) foi um autor italiano de personagens de banda desenhada, entre eles Zagor e Mister No e editor de Tex.

Sérgio Bonelli é filho de Gian Luigi Bonelli. Desde pequeno Sergio frequentava a editora dirigida por sua mãe, Tea Bonelli, a Redazione Audace. Em 1957, concluídos os estudos, assumiu a direção da empresa, que agora tinha o nome de Edizioni Araldo.

Em 1958 Sergio criou Un Ragazzo nel Far West (desenhada por Franco Bignotti) e em 1959 escreve Il giudice Bean (desenhos de Sergio Tarquinio), sempre sob o pseudônimo de Guido Nolitta. Escreveu também alguns episódios para a revista Piccolo Ranger.

Em 1960 deu o pontapé inicial a Zagor, com desenhos de Gallieno Ferri, cuja primeira história saiu em 15 de junho de 1961, publicação que logo grangeou um grande sucesso junto ao público italiano. Foi autor das histórias de Zagor até 1980. Em 1975 cria Mister No, personagem com caracterização diferente do que havia na época e que mudou o estilo dos personagens bonellianos.

Mesmo sem aparecer "oficialmente", por muitos anos colabora com o pai Gian Luigi Bonelli escrevendo episódios de Tex. A primeira história é "Caçada humana", de 1976 (TEX-068), e muitas outras foram escritas em seguida, mas sempre de forma eventual, pois Sergio é um autêntico multitarefa na editora, cuidando de tudo depois que sua mãe se aposentou. Sergio Bonelli era o editor responsável por Martin Mystère, Dylan Dog e Nathan Never.

Sergio Bonelli faleceu na segunda, dia 26 de setembro de 2011, aos 78 anos[1] .

Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. Morre o quadrinista Sergio Bonelli, roteirista de "Tex" Caderno Ilustrada da Folha de São Paulo (ed. de 26 de setembro de 2011)