Seu Lunga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Seu Lunga
Foto tirada em 2012 em seu local de trabalho
Nome completo Joaquim dos Santos Rodrigues
Nascimento 18 de agosto de 1927 (87 anos)
Caririaçu, Ceará  Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Comerciante
Poeta

Joaquim dos Santos Rodrigues, mais conhecido como Seu Lunga, (Caririaçu, Ceará , 18 de agosto de 1927)[1] é um poeta brasileiro, repentista, vendedor de sucata residente em Juazeiro do Norte, ao qual são atribuídas diversas piadas sobre seu temperamento, criando um personagem do folclore nordestino. Seu Lunga é conhecido pela falta de paciência nas respostas. [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Joaquim dos Santos Rodrigues nasceu em 18 de agosto de 1927, no Sítio Gravatá no município de Caririaçu, e viveu a infância com os pais e sete irmãos no município de Assaré. [3] Recebeu um apelido por uma senhora, que era vizinha, e passou a chamá-lo de Calunga, que mais adiante se reduziu para Lunga. [4] Com 16 anos de idade foi morar no município de Juazeiro do Norte. [3] Casou em 1951 e tornou-se pai de treze filhos.

Lunga é dono de uma sucata em Juazeiro que vende de tudo, desde aparelhos de televisão a frutas. É considerado pela população como uma lenda viva. [5]

Em 2008 deu entrevista ao jornal O Povo informando que todas histórias contadas em cordéis eram mentiras. Por uma ação judicial os cordelistas da região ficam proibidos de escreverem sobre sua pessoa. [6]

Com a explosão das redes sociais, a popularidade de Seu Lunga explodiu nos últimos anos com sites oficiais que lembram das suas clássicas frases, e até com comunidades exclusivas dedicadas a figura do celebre cearense.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]